Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

 

Santana-Maia Leonardo na tomada de posse como ptresidente da Delegação e Agrupamento de Abrantes da Ordem dos Advogados em 2014 Foto: arquivo mediotejo.net

 

De: Santana-Maia Leonardo <rexistir@outlook.pt>

Enviado: 11 de outubro de 2015 03:56
Para: Raul M.Q.C.S.silva
Assunto: Re: LIBERDADE E PATRIMÔNIO A SAQUE.

 

Boa noite!

 

Peço-lhe um favor: não me envie mails sem falar comigo antes porque eu não os leio, nem tenho tempo de os ler.

 

Querida esposa, tenho aqui 100 euros para te enviar, mas já fechei a carta, mando na próssima, amôte, bjs.

 

Repondeu ao email mas não o leu, que grande artista!

 

Recebo só nesta caixa de correio mais de 150 mails por dia.
Se me pusesse a ler os mails que recebo, não fazia mais nada.

 

Não leio os seus mails, recebo só nesta caixa de correio mais de 150 mails por dia, se me pusesse a ler os mails que recebo, não fazia mais nada, por isso não lhe posso responder: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/para-que-nao-fosse-aberta-a-instrucao-12272

 

Só leio mails que recebo na caixa do correio do tribunal.

 

Uma pena, sinto muito, só leio mails que recebo na caixa do tribunal - por isso não lhe posso responder já lhe disse isso tantas vezes: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/burla-a-coberto-do-mp-de-abrantes-18541

 

Por isso, peço-lhe: SE TIVER ALGUMA COISA IMPORTANTE PARA ME DIZER, LIGUE-ME E FALE COMIGO.

 

SE FOR PRECISO ENVIAR-ME ALGUM DOCUMENTO POR MAIL, LIGUE-ME ANTES E EU DIGO-LHE PARA QUE MAIL ME HÁ-DE ENVIAR O DOCUMENTO:  http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/despacho-do-recurso-ao-supremo-tribunal-21448

 

O advogado à altura, recusou abrir a instrução, para não tornar a acusação como arguida,  - pelo que veio agir em união de esforços para com os seus responsáveis, agentes e funcionários do estado - que para tanto o Procurador Hélder Renato Moreira dos Santos Cordeiro, se eximiu a fazer provar o libélo acusatório, sendo habilidosamente representado pelo Drº. Pena Reis e,  para o que não veio arrolar o agora Tenente-Coronel Joaquim Josè Caetano Nunes, o Sargento Garrinhas, o Sargento Bexiga o Cabo Calado, o Cabo Bento, o Presidente da Câmara Nelson de Carvalho e outros demais quantos o deveriam ter sido arrolados como testemunhas pela acusação e não o foram (...) e, com o mesmo sentido, não arrolou os elementos da Policia Judiciària, que procederam à investigação e à detenção do arguido - para impedir a descoberta da verdade e o arguido o fosse condenado como o veio mesmo acontecer.

 

E pelas mesmas razões, o advogado, não recorreu para a relação e, ainda expressa conclusões em nome dos arguidos que não o correspondem de todo à verdade - pelo que importa esclarecer: que o Colectivo de Juizes mandou extrair certidões para que algumas das testemunhas arroladas pela acusação o viessem a declarar nas costas do arguido à parte e, pelo que foram mandadas deter outras testemunhas, sendo para tanto, emitidos os mandatos, para sua detenção e condução ao tribunal, de modo a poder assegurar, os depoimentos dessas mesmas, -  lamentando-se, porém, o facto de não ter havido a mesma dose de zelo - em relação aos depoimentos desses mesmos elementos da Guarda e da (PJ) - quando afinal os seus testemunhos o eram determinantes para a descoberta da verdade - que para tanto se realiza a audiência de julgamento, vergonhoso: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/recurso-de-revisao-de-sentenca-106308

 

E são precisamente esses mesmos motivos ou razões, que levam o advogado Santana Maia Leonardo, agir em união de esforços com o magistrado do (MP) - que para tanto já o vieram avançar com a marcação do julgamento para o dia 9 de Maio precisamente no dia em que faz 4 anos - o que só veio acontecer na sequência do pedido de aceleração processual do arguido, porque de resto o destino era a prescrição, Cf:http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/contestacao-7919

 

Pelo que em forma de retaliação o veio a ser marcada essa mesma data para audiência de julgamento o que levou o arguido a pedir uma vez mais a intervenção das mais altas cortes, para que o possam vir a tomar uma posição, contra tanta prepotência, num abuso de poder sem precedentes, que de resto levou um dos juizes que integrava o Coletivo a exceder-se nas suas funções e para o que veio arrastar consigo, os demais elementos do colectico - condenando-se o arguido a uma pena de prisão maior e para o que acabou por ficar 9 anos na cadeia preso - em funçao de uma mudança radical de posição do dito juiz quando dois meses antes o tinha condenado o arguido pelos mesmos factos e, em que se verifica que a primeira condenação foi a correta e se fundamentou na confissão integral sem reservas  do arguido, tal como se confirma: http://terremotonajustica.blogs.sapo.pt/745.html

 

Ora ai esta o tanto empenho para impedir a abertura de instrução, enviando-se o arguido para julgamento, a realizar por um colectivo de juizes, para se tentar fazer acreditar na justiça  da condenação, antes aplicada em circunstâncias que o (MP) a todo o custo o que custar - continua a impedir que se possa apurar o que levou à condenação do arguido a sangue frio, como as coisas se desenvolveram, quem foram os seus responsavéis, e assim o vêm então a ombrear, com o delegado da Ordem dos advogados de Abrantes, para o que se apresentam, com um espirito arrebatador, em forma de ajuste de contas - empenhados  - para que nao se proceda à realização de diligências, para que não o possam vir a ser assacadas as responsabilidades aos falsos difamados, que de resto em tribunal nem iriam deixar o arguido abrir a boca - condenando-o como sempre, a mal e à força da tirania: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/santana-maia-leonardo-carente-de-29124

 

Agora não me envie mails sem me avisar porque eu não os leio.

Nem os seus, nem os de dezenas de amigos que me enviam dezenas de mails todos os dias.
Não tenho tempo para os ler.

Atenciosamente
Santana-Maia Leonardo

 

----- Fim de mensagem reenviada -----

 

 

From: Raul M.Q.C.S.silva<mailto:raulcaldeira@hotmail.com>
Sent: Saturday, October 10, 2015 5:36 PM
To: santana-maia@outlook.pt<mailto:santana-maia@outlook.pt>
Cc: Santana-Maia<mailto:o_alentejo@live.com.pt> ; Santana-Maia Leonardo<mailto:sml@outlook.pt>
Subject: LIBERDADE E PATRIMÔNIO A SAQUE.


Meu caro:

Santana Maia Leonardo, dou ao conhecimento de que enviei um e-mail junto da cadeia de Évora, conforme se pode constatar: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/email-dirigido-ao-recluso-joao-sousa-17036    - Ao invés das respostas do João Sousa, surgiu um fax por parte dos serviços prisionais, a informar que não podia ser entregue, ao seu destinatário.

Desse modo, pretendo dirigir-me aos serviços do Correio da Manhã (CM), afim de se poder tornar o e-mail ao conhecimento publico (tal como o foi a noticia do " Zé é que sabe " - na versão João Sousa) - E assim, finalmente o João Sousa, possa vir a tomar conhecimento, quando a visita ou alguém lhe levar o jornal, para o que fico à espera das respostas - depois numa próxima edição do (CM).

Ao Santana Maia Leonardo, lanço-lhe o repto para de igual modo, vir a fazer jus a seu nome, junto do Correio da Manhã - Reconhecendo o empenho por parte desse órgão da imprensa, no combate à corrupção, inveja, a mediocridade e o caciquismo, que o senhor identifica como desgraça nacional, a nossa ruína - Dai que parece em estar mais do que na hora - de saltar dos jornais regionais, para os de topo nacional, ainda por cima o arquitecto da obra " terras de ninguém ", e do manifesto sobre a grande temática da regionalização, o que o leva a receber tantos mails por dia, que diz que pode estar três meses sem ler os meus mails (as minhas mensagens), e até já se intitula de general, atraindo gente tão ilustre, na apresentação do manifesto - Como Juízes, Presidentes de Câmara , advogados e muitos outros destacados ilustres a salientar a senhora bastonária da Ordem dos advogados - que discursaram em torno da regionalização ao estilo Santana Maia Leonardo pelo que me merecem todo o meu respeito e admiração - Mas que de resto, tão decepcionados vão ficar, quando virem a outra face do homem que se revela tão indignado com praticas tão escabrosas ( como a corrupção, inveja, a mediocridade e o caciquismo) - que para melhor convencer os outros, até se apresenta determinado a enfrentar (golias), ainda que afirme, em não saber manobrar, a funda como Davide.

Aquilo que cada um diz, pode ou não corresponder à verdade - mas o que cada um faz ou deixa de fazer - ade ser a obra, os factos, o palpável, o visível - pelo que completou um ciclo de 29 meses, em que me encontro com termo de identidade e residência (TIR), por ter denunciado o procurador Hélder Renato Moreira dos Santos Cordeiro, o Tenente-Coronel Joaquim Caetano Nunes, e os Sargentos Manuel de Matos Bexiga e Manuel Liberato Anjos Pita etc (...), sendo todos eles os três últimos - Oficiais no activo, ao serviço da Guarda Nacional Republicana (GNR, ) com reconhecido mérito, em destaque, o Joaquim Nunes, condecorado pelo ministro Aguiar Branco, com medalha de prata, por serviços distintos - Que sobre o ocorrido, vamos aferir acerca dos factos e dos procedimentos ou da sua falta, por parte do advogado que escolhi e contratei, mas que acabei demitindo, como " persona non grata ", como se pode aferir: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/eu-e-os-meus-familiares-continuamos-a-724

Meu caro Santana Maia Leonardo, faça-se jus ao manifesto, a sustento " terras de ninguém ", pelo que venha em defesa da honra, afim de podemos desmantelar o sistema inquisitório, da forma como as coisas se processam na investigação. Fazendo da liberdade individual, OU de cada um, um mundo muito vasto de interesses - em que os cidadãos se tornaram presas fáceis, às mãos de agentes e funcionários do estado - actuar sob o denominado sistema (SIS) na síria (ISIS) - pelo que espero ter ido ao encontro, de todo o seu interesse, ao ponto de vir a merecer uma reacção adequada - nas próximas 24 horas, dia 11 de Outubro de 2015 - Em contrario submete-se o presente, aos cuidados da imprensa, no caso o Correio da Manhã.

P.D.

Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva

 

----- Fim de mensagem reenviada -----

 

https://blogs.sapo.pt/profile?blog=corruptos

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Favoritos