Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

RAUL CALDEIRA .jpeg

 

11 DE OUTUBRO DO ANO 2017 - FAZ 22 ANOS QUE CAI NUMA CILADA -  préviamente montada com astucia, pelo que a data se aproxima e, o sentimento humano, hoje bateu mais forte à flor da pele, o que me leva a antecipar a merecida HOMENAGEM aqui publicamente aos meus falecidos pais, que sempre me compreenderam e ajudaram, sempre ESTIVERAM do meu lado, sabendo da minha vida a fundo, pelo que conversavamos frequentemente, por chamarem à minha atenção, com as suas preocupações, como é normal de todos os pais que prezam pelo bem estar dos filhos;  falavamos muito, sobre a vida que levava e os riscos das circunstâncias ( sem tabus ou falsos preconceitos), ao que eu sorria sempre sorria tranquilo (saudades) retorquindo, quando me prenderem, estão a prender Deus, ainda que não sendo católico. Mais prezo de igual modo, homenagear as minhas queridas amigas e funcionárias com estima e amizade, e eternas saudades, de quem nunca jamais se vai apagar da memória http://alexandraactivista.blogspot.pt/2013/10/trabalho-sexual-e-direitos-humanos.html?m=1  Ainda que tenha a grande capacidade de uma consciência bem formada, capaz de perdoar parcialmente aos seus assassinos, SEM ESPIRITO DE VINGANÇAS (até porque os crimes mais graves já prescreveram), mas esquecer nunca, porque me doi na alma ferida de morte. Eu o cidadão Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva disse ASSASSINOS, não de ânimo leve, aqui o declaro para TODOS E O MUNDO - os meus pais e minhas amigas, como MÁRTIRES DA PÁTRIA - com a firme convicção da verdade material a destacar quanto aos danos colaterais que então resultaram, sendo que assim, resolvi retratar um pouco da minha vida mais intima e familiar, para que saibam lidar ou melhor: para que aguentem com a prepotência a pressão daqueles que ao invés de acautelar os legitimos interesses dos cidadãos, se valem das suas condições profissionais, para outros fins, que os levam a praticar ilicitos criminais por ação ou omissão das suas funções, que quando se sentem desmascarados, os fracos atiram as culpas uns aos outros http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/autor-raul-caldeira-proc-no-77297-le-56613 . - A fugir com o rabo à seringa, às suas responsabilidades, e pelo que nos perseguem, para fazer obrigar a submeter ao silêncio, a parar dos denunciar, que ao não conseguirem atingir os seus objectivos, perseguem também os nossos familiares mais diretos, para que nos pressionem a levar a desistir a troco de os deixar em paz, que por ultimo frustrados os seus anseios, desesperados, levantam  falsos processos por difamação e calunia, e pelo que nos retiram a mal e à força os direitos da defesa, apenas garantindo defensor oficioso na barra do tribunal, para justificar as exigências da legalidade democrárica - quando na verdade, desde logo, começam pelo mais severo ataque à maior conquista de abril, a liberdade de expressão: http://www.amnistia.pt/tematica/liberdade-de-expressao/

 ANTES QUE PERCAS O PIO FAZ COMO EU: por ti, por mim, todos e o mundo, assinem amigos (as)

Em pelo menos 22 países foram mortas pessoas por defenderem pacificamente os direitos humanos;

Em 63 países enfrentaram campanhas de difamação e de desacreditação;

Em 68 países foram detidas ou presas apenas devido ao trabalho pacífico que desenvolvem; 

Em 94 países foram ameaçadas ou atacadas: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/perseguido-sem-acesso-ao-direito-e-aos-73816

Porque um homem também chora, quem não chora não tem sentimentos, eu próprio confesso-me: ao que assumo com muita honra, que comecei e acabei o presente a reviver tudo de novo AS MINHAS MEMÓRIAS a correr as lágrimas mas sou feliz por isso mesmo, sejam felizes também, o que não nos MATA -  tornanos mais  FORTES -  amigos (as) por favor partilhem o mais que puderem, A LUTAR CONTRA A VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS A POR FIM AO CLIMA DE INPUNIDADE : http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/o-problema-e-comum-independentemente-de-48469

 Foto de Raul Caldeira Caldeira.

MAS QUE NINGUÉM SE ENGANE: o nosso espírito de justiça é forte e não será, nunca, silenciado. A realidade de hoje não nos permite outra posição que não a da defesa total de todos os ativistas.

ATUE CONNOSCO E DESAFIE AS AUTORIDADES PORTUGUESAS -  A reconhecerem publicamente o papel fundamental que os defensores de direitos humanos têm na construção de uma sociedade mais justa: https://www.amnistia.pt/peticao/nossa-coragem-os-defensores-direitos-humanos/

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Favoritos