Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

DUARTE FLORES PUBLICAMENTE:

por CORRUPTOS, em 21.11.18

PROCESSO 55/13.8 GDABT DECLARAÇÕES DE DUARTE MANUEL FLORES  EM REGISTO DE VIVA VOZ NA VIA PÚBLICA 3 DIAS APÓS A LEITURA DA SENTENÇA:

 https://www.youtube.com/watch?v=jyJP41F2VWU

 

Ainda que não tenha ficado em registo o Duarte quando questionado pelo facto de eventualmente ter de voltar a depor em tribunal por anulação do julgamento respondeu:

 

Eu já fiz a minha parte e agora a partir daqui já não quero saber de mais nada eu já lá fui já sabes que da minha parte estou descansado.

 

2 - Pirata tu devias ter lá ido dizer toda a verdade como é que as coisas começaram como é que começaram e tu primeiro começastes por dizer que não sabias de nada tu até és um pobre diabo só que fostes meter os pés pela cabeça e assim ias-me lixar.

Eu disse-te logo que não ia lá nem a teu favor nem contra ti vocês é que lá me puseram que eu disse logo que não ia testemunhar a favor de ninguém e eu cheguei lá só o que disse foi não tenho nada a ver com isto não sei de nada e o que sei fui lá ver uma cortiça e acabou.

 

3 - Só dizias onde é que tinha começado o negócio e onde é que tínhamos se encontrado.

O negócio foi lá feito.

 

4 - Não o negócio começou na tua casa.

Não não.

 

5 - Sim então houve lá onde é que a gente se encontrou não foi na tua casa?

Foi aqui a frente da tua porta.

 

6 -  Não eu não queria que tu dissesses isso eu queria que tu contasses desde o início? A gente encontrou-se aqui quando tu vieste com o Manuel e com o genro dele, que depois fomos lá ver a cortiça foi ou não foi? E onde é que a gente se encontramos não foi lá a tua casa não tinha nada de mal ou Duarte?

O meu sogro disse lá realmente que tu foste lá uma vez foste lá beber um copo ou dois fostes lá uma vez, mas não foi nada da cortiça ainda.

 

7 - Então não fui?

Não foi nada foi na altura que tu abriste aquilo ali outra vez e até nos fostes lá convidar para ir lá beber um copo.

 

8 - Então isso é estares a fazer de mim parvo se foi ali o Vitinho que me disse que tu trabalhavas para um negociante de cortiça e eu fui lá ter contigo tu telefonaste de lá para o Manuel no outro sábado a seguir o Manuel veio lá encontrou-se com a gente que vinha sozinho nem vinha com o genro foi ou não foi? Era só isso que tu ias dizer tu não prejudicavas ninguém?

Mas eu não prejudiquei ninguém.

 

9 - Não tu assim prejudicastes-me a mim porque ao não contares que foi lá que a gente se encontrou porque não foi assim sem mais nem menos a gente teve de se encontrar.

Eu o que disse lá foi então onde é que o negócio foi concretizado? Os valores não sei.

 

10 - Não aos valores tu não assististe é verdade os valores foram depois discutidos à noite quando ele me deixou ali no café depois à noite veio e tu já não vinhas.

E o que é que você sabe deste negócio e sabe onde o negócio foi concretizado? Não sei o que se passou foi eu fui com esse senhor que esta aqui que é o senhor Manuel que eu andava a trabalhar na altura a fazer uns dias para ele. Fui com ele com o senhor Raul e o senhor Tonho Pedro fomos ver a cortiça a uma propriedade quando se vai para as Galveias chegamos lá até a carrinha não subiu a carrinha teve de ficar la em baixo fomos todos a pé o senhor Raul disse onde é que era os marcos todos ali e na sua maneira de ver acha que o senhor Raul conhecia o local? Supostamente sim para nos ir mostrar os marcos todos ao pormenor é porque conhecia e do pouco que você conhece o que me é capaz de dizer do senhor Raul? Eu do pouco que conheço é lá da terra a única coisa que se conhece como toda a gente sabe que ele teve preso depois saiu de resto não sei porque é que foi porque é que não foi. Então e é pessoa de andar metido em grandes (conflitos) confusões não que eu veja não e não sabe de mais nada? Não. pronto esta dispensado… Isso é que é tabaco vime logo embora, estive-me a cagar para aquilo.

 

11 -Eu só queria que tu dissesses sim senhor o rapaz foi lá a casa eu liguei no outro sábado o rapaz a seguir o Basílio foi lá ter a casa o Raul explicou lá o negócio ou mesmo que não quisesses dizer nada disso pronto que te quisesses livrar disso era como o outro agora não dizeres que eu que fui lá a casa e que não telefonastes para ele acabastes por me prejudicar eu não digo que o fizestes intencionalmente, mas acabastes por prejudicar.

Eu não fui lá para prejudicar.

 

12 - O João sabe perfeitamente que eu me encontrei lá com o Basílio sabia disso tudo era só isso que tinham que dizer. Ai é que vocês foram para me lixar, mas não interessa que eu tenho lá tudo.

Tu tamen sabes que isso já foram a carrada de anos e um gajo já não tem a noção de tudo a mulher perguntou-me e você sabe de algum valor eu não ouvi nada.

 

13 - Dos valores tu não assististe.

E o senhor recordasse a que horas era isto? E eu…ou minha senhora disse mesmo, ó doutora eu já não me recordo do que é que comi há duas semanas o que é que quer que eu lhe diga agora?

 

14 - Pirata era só dizeres que fui lá a casa só dizias a verdade só dizias isso que era aquilo que eu te tinha dito no telefonema.

Eu não fui lá mentir.

 

15 - Eu não digo que tu foste mentir só que se tivesses dito a verdade de quando eu lá fui a casa tinha sido a (verdade) pronto eu tamem quando te telefonei disse-te ou pirata... epa o Manuel também já me pediu para eu ir falar a favor dele e eu disse não é a favor.

E depois eu fiquei f… contigo tu telefonastes-me e eu disse-te o Manuel também já me pediu não vou nem por ele nem vou nem por ti depois tu puseste-me lá e eu fiquei assim f… Sabes quanto é que eu perdi aqui no meu patrão eu perdi quase 400 euros de ordenado e quem é que mos vai pagar ninguém sabes que eu até sem o meu carro fiquei por causa de não ter dinheiro para pagar a prestação que os quatrocentos euros foram-me descontados fiquei sem carro foi-me apanhado pelo banco.

 

16 - Pirata só tinhas que dizer a verdade.

Mas essa eu já disse não… não eu fiquei sem carro por causa de ter ido testemunhar a tribunal agora quem é que me vai pagar eu fico sem os meus bens por causa dum processo.

 

17 - Mas houve quem te vai ter de te pagar no fundo é a pessoa que tu acabaste por defender que é o Basílio eles até um e-mail esconderam que era para me burlar então o gajo conto-lhe o negócio todo expliquei-lhe tudo logo lá no dia quando lá fui a casa e o cabrão vai dizer que eu que disse que a propriedade que era minha eu contei-lhe da história toda da providência cautelar contei-lhe tudo teve azar. Agora em relação a ti não podes estar coiso comigo por te meter como testemunha, tens que ver que eu que tenho de zelar pos meus legítimos interesses eu tamem se tu lá me fosses por eu ia lá e contava a verdade não escondia nada. O problema ali só foi que aquilo é uma anedota que ali está só que vocês...

Sabes porque é que eu não queria lá ir?

 

18 - Eu compreendo que tu não quisesses ir contra ninguém.

Vocês falaram entre vocês depois disso falaram entre vôces eu não sei de nada do que é que se passou ia para lá mentir?

 

19 - Não... não... tu não sabes nada da parte do negócio mas isso eu sempre disse eu não estou ali para mentir eu tou ali para falar a verdade tu não sabes nada da parte do negócio enquanto ficou como é que ficou. Então o Basílio não sabia vai fazer um negócio de 2700 euros sem conhecer o Raul de lado nenhum só depois de fazer o negócio é que soube que o Raul tinha estado preso que raio de história é essa.

DF: Ele agora esta a fazer o jogo dele.

 

20 - Esta bem que ele faça o jogo dele ele não pode é burlar as pessoas fazer o jogo dele é uma coisa agora burlar as pessoas como ele burlou não se faz porque eu já passei muito na cadeia e ainda levo com mais um embrulho destes isso não se faz.

Eu não sei de nada não assisti a testemunho de mais ninguém fiz o meu.

 

21 - Exato as pessoas vão entrando e vão saindo eu só queria que tu fosses lá contar a parte da casa pronto não interessa isso tamem é o de menos agora se tu ficastes sem o carro quem te vai ter de pagar isso tudo é o Basílio.

Não é o Basílio aquilo já não é nada do Basílio o processo não é nada do Basílio não sabes de nada disso? o MP arquivou o processo já o Basílio mandou arquivar o processo o MP reabriu tanto que o Manuel foi testemunha do MP.

 

22 - O Manuel mandou arquivar o processo?

E o MP reabriu.

 

23 - Pois o MP esta de ma fé contra mim eu requisitei sempre lá a presença dele ele fugiu e fez-se representar por outro para não ser desmascarado.

O Manuel quando lá foi a procuradora disse le vc quer seguir com o processo acho que foi numa altura que eu não sei se foi assim se não foi foi só que eu ouvi falar parece que foi numa altura em que parece que tu fostes ter com ele a dizer que lhe davas os mil euros a prestações.

 

24 - Eu mandei-lhe um e-mail aquilo foi assim depois de eu tanto apertar com ele ia para tirar a cortiça ali a 15 ou 16 de Maio eu tenho lá um telefonema para a GNR da Ponte de Sor.

 

CONTINUAÇÃO: https://www.youtube.com/watch?v=3rHKrzjVvL0

 

Depois não foi e já não me atendia o telefone e eu mandei-lhe um e-mail no dia 20 no dia 21 tinha o ali em casa... epa tão mas a propriedade não é tua? Ouve lá mas o que é que eu te disse pa? Atão vamos já resolver o problema amanhã às 9 horas podes estar lá na propriedade e ele teve lá na propriedade mais o genro estava eu mais o Costa e a minha mulher, agarrei neles levei-os para o posto da guarda não le disse ali naquele dia onde é que os ia levar. Levei-os para o posto da guarda cheguei lá eu já nem o dinheiro quero começou a fugir de mim, ele tinha que tirar era a cortiça e pagar-me os 1700 euros que me devia... não eu já nem a cortiça quero... porque estava feito com o gajo do terreno foi outro vigarista e ele ao ganhar este processo a seguir o gajo do terreno que eu tenho à 20 anos em tribunal.

 

TRANSEUNTE QUE INTERVEIO NA CONVERSA: A cortiça é tua?

25 - A cortiça era minha para recuperar 4000 mil contos que o gajo tem... e eu tenho o contrato de promessa de compra e venda a tão o que é que os gajos resolveram... isto foi feito através de um advogado o que é que eles resolveram eu dizer a propriedade é minha do género que eu queria ficar com a propriedade e não pagar o resto não sei como não sei como isso ia acontecer não sei que parvalhice é essa mas pronto foi o que eles prepararam a seguir quem ia beneficiar era o outro gajo que me vendeu o terreno ficava-me com 4 mil contos.

E tu não tens escritura do terreno?

26 - Não porque entretanto eu fui preso que eu até desconfio que eu falei demais às vezes um gajo ser sério é mau e a tão o gajo fez me isso.

Se calhas a ter a escritura não esta aqui.

27 - Não mas eu depois meti chamasse uma providência cautelar que foi assim que eu expliquei logo lá na casa deste lá na casa do João expliquei o negócio todo fui honesto não podia ser doutra maneira agora eu não compreendo é como é que um gajo vai comprar a cortiça sem conhecer um gajo de lado nenhum e só depois é que diz que soube que ele esteve preso e depois esta quatro meses para ir tirar a cortiça e não vêm ter comigo.

Mas tu é que le vendestes a cortiça?

28 - Eu vendile a cortiça.

E ele não entrou?

29- Ele entrou com mil euros mas depois foice meter com o gajo do terreno estudou logo o coiso da providência cautelar para me lixar e andaram ali num jogo sujo com um advogado meu e com o advogado do gajo

O gajo do terreno disse que tu não tinhas comprado foi?

30 - Não o gajo do terreno depois diz que eu faltei à escritura ele acabou por contribuir para me meter lá dentro que eu fui lá logo no princípio de Outubro para fazer a escritura e ele disse-me epa eu ando aqui muito atarefado você pode lá ir saber e eu fui lá saber isto para ai na primeira semana ou para ai na segunda foi logo ali ao princípio de Outubro já não posso precisar.

No ano passado?

31 - Não isto foi à 20 anos. Agora fomos pró tribunal este processo é arranjado que era para este ganhava este processo e a seguir o outro comia-me o meu dinheiro os 4000 mil contos.

E ficavas sem propriedade?

32 - Não esta tudo em tribunal esse era o lance do outro gajo só que eu comecei logo a ver a mãnha toda.

Quando a gente lá fomos portanto, quando fomos à propriedade fui eu mais este mais ele quando lá chegamos já não havia a cortiça dum sobreiro que foi quando eu quis apresentar queixa se tu nessa altura me tens dado o nome que eu apresentei a queixa estas a ver eu compreendo que tu nunca te queiras meter em problemas.

Raul o gajo já tinha tirado a cortiça era?

33 - Não tiraram na depois.

Eu não quero ter problemas em lado nenhum.

E pagou-te a cortiça o gajo?

 

34 - Não deu me mil euros e depois não cumpriu o contrato andou armado em sarisca. Agora esta me aqui o pirata a dizer que ele que foi pronto lá reconheceu que estava a falhar e foi para arquivar o processo.

Ele arquivou o processo.

 

35 - Arquivou mesmo?

A procuradora eles disseram vc quer seguir com o processo para frente ou quer arquivar tanto que eles quando foram ao tribunal eles foram como testemunhas do MP.

 

36 - O rabo de burro?

O rabo de burro e o genro.

 

37 -  Foram como testemunhas do MP?

E o dono do terreno o velho foram todos como testemunhas do MP não foram testemunhas do Manuel.

E o terreno é teu Raul não?

38 - Não o terreno eu não o quero.

Tanto que o MP nomeou me a mim tamem só que eu ja tava lá como testemunha tua metida.

Compraste o terreno foi?

39 - Eu comprei o terreno e o gajo depois eu vou preso e o gajo vem aqui a minha casa e diz para a minha mulher que dava o dinheiro que eram pessoas sérias e a minha mulher dissele isso não é comigo isso é com o meu marido, isso não era uma coisa que ela podia decidir, e eles pediram para ela me dizer, entretanto ela vai a visita e diz me e eu digo-lhe epa não.

E ele não foi lá falar contigo porquê à prisão?

40 - Disse que ia lá mas depois nunca mais foi.

Ele é que devia lá ter ido falar contigo.

41 - Não nunca mais foi depois quando eu cá venho vou lá apanhar uma máquina retroescavadora da Câmara e um camião e chamo a guarda levanto-lhe uma queixa e depois escrevo uma carta registada com aviso de recepção para ele vir ter comigo para a gente falar para a gente resolver aquilo.

O que é que o gajo andava lá a fazer?

42 - O que é que ele fez ele tirou-me o cabeço todo mais a Câmara quer dizer vendeu-me aquilo e a seguir tirou-me aquilo tudo aonde eu ia construir fez uma exploração de areia sem licenças até hoje que eu saiba sem licenças sem nada faziam tudo e então esta a Câmara envolvida esta a GNR esta tudo e atão quando toca para essas gentes afastam logo o rabo o tribunal isto é só corrupção.

Tu és o mais pequeno!

43 - Só que este sacana se lá tem ido dizer... epa sim senhor o Raul veio cá ter a casa tinha evitado problemas e não prejudicava ninguém.

E ele tirou a cortiça o gajo'?

44 - Não depois o outro é que tirou a cortiça. Ofereci os pinheiros tamem a este ao patrão aqui do Duarte e o gajo não os quis foi a primeira coisa a ser cortada.

E não os pagou?

 

45 - Não ele nem os quis comprar disse epa... ainda tão muito magrinhos para comprar que foi lá na propriedade essa conversa e essa tu estavas lá.

Essa tava essa ouvi.

 

46 - Ouvistes eu a dizer... e ele disse epa os pinheiros ainda estão muito magrinhos.

Ainda estão muito pequeninos.

 

47 - Exatamente ainda tão pequeninos mais cinco anos para engrossar e o cabrão fizeram isto epa mas um gajo que já passou tanto.

Pois é Raul assim estas mal.

48 - Não aquilo agora vai para recurso eu já lá tenho a tão o que é que eles fizeram, esconderam um e-mail onde eu le mandava o link onde estava tudo como eu lhe mostrei lá na noite ele até me levou a declaração foi ele que levou disse me epa eu trabalho á sombra do meu genro tenho problemas com as finanças e foi dizer que eu é que fiz a declaração ele nem quis contrato de promessa de compra e venda porque as pensou logo.

Estavam para te enganar e agora as fotografias é para quê?

49 - Eu julgava que era a carrinha do Manuel como este tinha dito que trabalhava em Espanha agora encontrei-o aqui.

Qual Manuel?

 

50 - Desse que tem o problema comigo em tribunal agora encontrei-o aqui digo eu vou lá tirar...

Eu já não trabalho para ele há dois anos olha foi desde essa altura ao fim de 8 ou 9 meses disso ter acontecido lá da cortiça fui-me embora epa comecei a ver muito jogo.

 

51 - Mas ou pirata aquilo é mesmo muito jogo.

Sabes como é que eu ando apreender ultimamente quando começo a ver muito jogo e a minha religião não o permite dou o cavance.

 

52 - Mas ou pirata eu soube até ai duma cena que ele até ficou com a carrinha atascada.

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Favoritos