Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

DECLARAÇÕES JOÂO FERNANDES FEITINHA

por CORRUPTOS, em 27.11.18

Audios: https://www.youtube.com/watch?

 

Juíza: Jura por sua honra falar com verdade

João Feitinha Juro por minha honra!

 

2 - MP: O senhor sabe porque é que esta aqui hoje não sabe?

É por um negócio que ele realizou com uma cortiça que era minha e vendeu a uns senhores.

 

3 - MP: O senhor esteve presente nesse negócio?

Não sou doutora há sou doutora.

 

4 - MP: Como é que o senhor teve conhecimento que houve um negócio efetuado entre o senhor Caldeira e os outros senhores?

Porque esses senhores quando foram preparados para ir tirar a cortiça que tinham comprado a esse senhor não sabiam segundo me disseram que a cortiça não era dele era minha mas por sorte...

 

5 - MP: Sabe o nome das pessoas em causa?

Sei dum é o senhor Basílio.

 

6 - MP: São aqueles dois senhores que sairão daqui?

Certo.

 

7 - MP: Antes do senhor entrar?

São sim senhor.

 

8 - MP: Então diga-me uma coisa qual é o terreno em causa o senhor sabe identificar qual é o terreno onde estava essa tal cortiça como é que se chama o terreno?

Horta das vinhas.

 

9 - Juiza: O terreno é o seu

O prédio é meu e do meu filho que esta aqui presente era uma sociedade que tínhamos de construção civil e tínhamos aquele terreno compramos.

 

10 - Juiza: Aquele terreno era da sociedade e o senhor era sócio juntamente com o seu filho dessa sociedade?

Cuja firma é a Construtora Sourense.

 

11 - MP: Pode ser confrontado com os documentos relativos ao prédio juntos a fls 7 e 8. O senhor sabe consegue ler... consegue ver?

De cima abaixo?

 

12 - MP: O senhor reconhece esse documento a fls 7 que tem a caderneta predial?

A caderneta predial.

 

13 - MP: É desse prédio que estamos a falar esta no nome da Construção Sourense Lda?

Construtora Sourense Lda. Avenida marginal Ponte de Sor.

 

14 - Juiza: É esse o terreno não há duvidas?

Não senhora doutora acho que não além disso eu trago também aqui uma fotocópia da caderneta.

 

15 - Juíza. Tem ai então consigo uma fotocópia da caderneta?

Tenho senhora doutora.

 

16 - Juiza: Importasse de mostrar por favor. Não é igual aquela que ali esta?

Pois não.

 

17 - Juiza: Não tem nenhuma igual a essa?

MP: Posso ver o documento que o senhor tem?

Pese embora seja das cadernetas antigas tem a referência ao artigo matricial que é o mesmo que consta da declaração.

A caderneta que o senhor tem é das antigas agora presentemente sai com outro aspecto mas os elementos são os mesmos.

O prédio em causa era este que o senhor mostrou também aqui a caderneta aquela 2 via que vai ser junta agora ao processo certo.

Sim sim.

 

18 - MP: Relativamente a este prédio o senhor alguma vez fez algum negócio com o arguido para ele dizer que era proprietário do terreno que era seu.

Fizemos um documento de promessa de compra e venda ele deu um sinal mas nunca cumpriu o que se combinou no contrato.

 

19 - MP: O senhor sabe em que ano é que fez esse contrato de compra e venda. O senhor também tem ai cópia do contrato de promessa?

Também tenho.

 

20 - MP: Encontrasse junto fls. 52

Juiza: Pode consultar para avivar a memória

Continuação:  https://www.youtube.com/watch? 

28 de Julho de 1995.

 

21 - MP: Foi em 95 que o senhor fez este contrato?

O contrato de promessa de compra e venda.

 

22 - MP: Recordasse até quando este negócio tinha de ser celebrado a escritura pública?

O senhora doutora não seria mais pratico...

 

23 - MP: Eu tenho o documento esta junto a fls 52 só que a prova em processo penal em portugal faz no julgamento por isso é que eu lhe estou a fazer estas perguntas percebe

Ora a pergunta foi?

 

24 - MP: Até quando é que tinham que celebrar o contrato?

Para fazer a escritura?

 

25 - Juiza; Olhe aqui diz mês de Outubro de 95 foi isso?

Outubro de 95 certo no final do mês de Outubro de 1995.

 

26 - MP: Celebraram essa escritura essa escritura foi feita?

Não porque o senhor nao apareceu nem foi pagar a cisa para fazer a escritura e foi avisado para comparecer conforme o combinado para comparecer naquela data e não apareceu.

 

27 - MP: O senhor recordasse quantas vezes é que o notificaram parta ele comparecer para fazer a escritura e ele não compareceu

Duas vezes.

 

28 - MP: Ou seja este negócio nunca foi feito?

Nunca.

 

29 - MP: Quando deveria de ter sido feito até o mês de Outubro de 1995?

O que esta aqui vinculado. 

 

30 - MP: O senhor recordasse em que data é que foi contactada pelo senhor Basílio por causa lá do negócio que fez da cortiça em que ano é que isso foi?

Foi para ai 2 anos e tal três anos.

 

31 - MP: Quando o senhor Basílio foi falar com o senhor e o senhor lhe disse que era o proprietário do terreno qual foi a reação?

O homem ficou desolado porque segundo disse já tinha dado dinheiro de sinal então se o senhor já deu dinheiro de sinal fez mal porque aquilo é meu errou então já tou enganado. Só há uma coisa a fazer vamos ali a casa do meu filho que é onde estão os documentos da posse do terreno a caderneta de tudo o que havia sido tratado e até a sentença deste tribunal isto já tinha sido julgado e o tribunal deu nos razão e arquivou o processo e continua arquivado mas pronto mostramos aos senhores isto é nosso vocês possivelmente foram enganados e não podem tirar a cortiça depois levantousse a hipótese...

 

32 - MP: O senhor esta a falar de uma ação no tribunal foi uma ação em tribunal ou foi uma queixa-crime e foi um inquérito que foi arquivado o que é que se passou?

Foi um inquérito que foi feito e mais tarde fomos informados que tinha sido arquivado tenho aqui um exemplar.

 

33 - MP: O senhor juntou esses documentos ao processo?

Juntamos na Ponte de Sor.

 

34 - MP: fls. 67

Este inquérito foi feito em Ponte de Sor.

 

35 - MP: É o 81. Esse é o documento que o senhor se esta a referir o processo?

O senhor também tem ai na sua posse?

Tenho sim senhor.

 

36 - MP: Ora veja qual é o número do processo?

Juiza: Tenha calma aqui ninguém esta com pressa senhor João.

 

MP: É o barra 10/ 04. 9 GDABT

Sim confere confere.

 

37 - MP: A certidão já se encontra junta aos autos a fls. 77. Eu não quero mais nada da testemunha.

Juiza: Senhor João esse é o documento igual aquele que estava a ler não é veja la fls. 52 ?

Sim porque este é uma fotocópia deste deve ser o mesmo.

 

38: Juiza; Veja lá é isto não é?

Esse negócio acabou por não se realizar porque o senhor Caldeira nunca...

Nem novas nem mandadas como se costuma dizer...

 

39 - Juiza: Ele é que não compareceu para fazer a escritura de compra e venda é isso? Isto foi em 95 a partir dai o senhor continuou sempre a utilizar o terreno que era seu?

Sim sou doutora.

 

40: Juiza: Quem pagava os impostos era o senhor sempre não é?

Certo

 

41 - Juiza: Nunca deu autorização para o senhor Caldeira estar na posse do terreno?

Nunca.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Favoritos