Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.


----- Mensagem encaminhada de Joao Botelho <jbotelhop@gmail.com> -----
   Data: Tue, 13 Dec 2016 09:39:07 +0000
     De: Joao Botelho <jbotelhop@gmail.com>
Assunto: Re: URGENTE VITIMA DE TERRORISMO DE ESTADO À 21 ANO PEDE SOCORRO!...
   Para: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>

 

Bom dia senhor Raul

Solicitei a sua presença no meu escritório afim de resolver mos o problema conjuntamente .
Infelizmente o senhor tomou sozinho  a atitude que achou melhor para os seus interesses .
Mais informe que so hoje me respondeu ao mail de 25/11/2016.
Se quiser passe por aqui pelo meu escritório  e estou disponível para o ajudar em tudo o que for preciso
Não gostei do que escreveu no seu blogue a meu respeito  e se tivesse tido conhecimento dos seus ditos ja teria pedido escusa  .
Irei agora apresentar a renuncia agora  o que lhe dará tempo  para agir .
 
Cumprimentos
 
joao botelho

 
- Diz que solicitou a minha presença no seu escritório, afim de resolver problemas conjuntamente?
 
Quando interpôs o recurso à relação também solicitou a minha presença no seu escritório para resolvemos conjuntamente, pelo que não se venha a fazer de cordeirinho ( vitima), dizendo que se tivesse tido conhecimento dos meus ditos, ora o dito pelo não dito essas pessoas chamam-se Santana Maia e doutor botelho ( não Raul Caldeira) e demais envolvidos no processo, como se confirma das gravações de viva voz, em que os próprios que criaram a acusação a destronaram num mar de mentiras com depoimentos evasivos, cheios de contradições, não deixando espaço à alteração quanto aos marcos para o que veio o Messias do Entroncamento, agir como judas contra o arguido, em que até andou a cortar o mato, esquecendo a prova da verdade material, Cf: http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/processo-55-8-gdabt-recurso-ao-supremo-8744
 
O dito pelo não dito dos advogados em causa, esta à vista, os factos são palpavéis, indesmentivéis, e pelo que só énviou as 2 ultimas folhas do acordão e me convidou para o seu escritório, para me coagir aceitar responsabilidades por 9 anos que passei na cadeia, a troco de me ser retirado 1 ano de prisão efetiva, para que não o possam vir a ser assacadas as responsabilidades aos culpados, sendo que me encontro acusado por 12 crimes por difamação, quando na verdade eu é que sou o difamado, e que para tanto paguei ao Santana Maia Leonardo para me defender desses pobrezinhos de espirito, prepotentes e perigosos (que me querem calar a mal e à força da tirania), mas esse infeliz, como sempre veio assumir uma conduta repugnante, dado que me cobrou os seus honórários mas nada mais fez do que pactuar com o MP e demais (...), que para tanto, em nada intercedeu para defesa dos legitimos interesses do seu cliente, que lhe pagou, e tantas vezes lhe pediu, para agir, a ponto de ter de exigir perante a paralisia desse que tanto se intitula de homem de consciência, ilustre sábio, vindo de honrosas famílias, um charlatão da advocacia, que a toda a classe enxovalha, Cf. http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/2-anos-sem-entregar-os-computadores-4436
 
Nada fez para alẽm de me comer o dinheiro, mas não se fica ainda por ai, a conduta mediocre, desse mesmo advogado Santana Maia Leonardo, que declara que a justiça funciona mal, admitindo tal condição como o sendo do conhecimento de todos em geral ( ainda diz algumas verdades), mas que uma vez mais o veio assumir uma conduta moralmente censuravél e criminalmente punido por lei, ofendendo ao seu cliente, magistrados e magistraturas , colocando-se ao lado de quem a todos os profissionais enxovalha  - que para tanto se limitou abençoar a prescrição astuciosa, para se livrarem das suas práticas, anormais e ilegais, Cf. http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/despacho-de-evora-resposta-santana-2026
 
E diz o doutor botelho: Se quiser passe por aqui pelo meu escritório, estou disponível para o ajudar em tudo o que for preciso, logo a seguir diz que vai apresentar escusa.
 
Primeiro prejudicou, agora oferece ajuda?
 
Tome atenção aos prazos, venha cumprir com os seus deveres, ao invés do que tem vindo a fazer, e assim aguardo por noticias suas, refém a mal e à força -  às mãos do doutor botelho, entregue à minha própria sorte, indefeso por imposição do disposto no nº 1 do artigo 64.
 
O que preciso é que subscreva o recurso, mas isso o doutor botelho não pretende fazer, que para tanto pretendia que fosse ao seu escritório, em contrário vai apresentar escusa, - pelo que espéro que venha a sofrer as consequências, não merece exercer advocacia, deve ser irradiado, e muito mal andaria a Ordem se assim não viesse acontecer.
 
Sou obrigado à assistência por advogado, mas também aqui não surge, pelo que o cabe também em tornar ao conhecimento do Senhor Bastonário da Ordem dos advogados, Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/8864.html
 
Saia em defesa da honra, não admito que enxovalhem o meu bom nome!...
 
A juntar aos autos ao abrigo do nº1 do artigo 98 do CPP.
 
Pede deferimento,
 
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva
 
O presente já se encontra a ser tornado ao conhecimento publico - através das redes sociais: https://www.facebook.com/anticorruptos/
 
 
 ----- Mensagem encaminhada de Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt> -----
   Data: Tue, 13 Dec 2016 20:43:27 +0000
     De: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
Assunto: a lei obriga a ser assistido por advogado, mas advogados fogem
   Para: Joao Botelho <jbotelhop@gmail.com>
     Cc: Apoio advogados <acessoaodireito@cg.oa.pt>, Ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Favoritos