Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

MARIA DO CÉU ALBUQUERQUE.JPG

 

A verdade que impede o Tramagal e demais (...), de se poderem desenvolver....!!!

 

Amigos a freguesia esta limitada pela Câmara e a madame só vê Abrantes o resto é paisagem, por isso, votos na princesa zero.

Hoje temos os mecanismos necessários ao nosso alcance, para fazer funcionar as nossas instituições democráticas, pelo que cabe enviar um mail a expor as situações, e pedir uma satisfação no prazo de 24 horas, sob pena de se não verificar, o trazer ao conhecimento publico, através das redes sociais, de modo a tornar viral a chegar ao maior numero de pessoas ( a Deus e o mundo), o que em muito os incomoda, quando ainda por cima a dama aspira subir ao pódio, para vergonha do Partido Socialista que tão mal tem servido, e que para tanto deve vir a merecer a melhor atenção por parte dos lideres socialistas — A expulsar a senhora de imediato, por não deixar desenvolver as outras terras, em redor da corte.

Não vale a pena comunicar, aos jornaleiros da caserna, esses começam logo por desvalorizar, porque funciona a censura, só o que se torna emblemático, as obras de fachada, o podem ser tornado ao conhecimento PRA levar a senhora e uma vez mais ao altar.

Reparem que fizeram um centro de saúde, que como é natural da lei da vida, os mais velhos é que necessitam de mais cuidados médicos, certo? Agora vieram com o museu que aos mais jovens pouco ou nada diz, mas que os mais velhos o agradecem, tendo ali onde recordar as suas memórias, pelo que resumindo, a senhora a lá do cabeço, tem plena consciência, de que a vila convívio tem uma população envelhecida, sendo desses que colhe mais votos, e por isso as inaugurações a cereja no topo do bolo, vai para os mais idosos, eu disse inaugurações. Porque de resto À lá vista de todos, posto de saúde sem médicos não funciona, de nada serve, e museu às moscas, é como jardim sem flores, vamos la embora todos pra Abrantes vamos la embora, pelo que só vê Abrantes fingindo ver a freguesia do Tramagal e demais em ter consideração pelos seus habitantes, enfim!

Por esse andar qualquer dia até o cemitério fecha, dado que os jovens em Tramagal não encontram o seu espaço, uma saída para as suas vidas, vendosse obrigados a partir para outras paragens, à procura de uma vida melhor, porque a Câmara de Abrantes a partir do falecido presidente engenheiro Bioucas, os demais que lhe surgiram, resolveram despovoar o Tramagal e todas as freguesias da Comarca, afim de tornar Abrantes, um ponto de atração, como um grande centro, apare de Lisboa e o resto é paisagem.

À não muitos anos o emblemático para a caça ao voto, era a ponte do Tramagal, que nunca se fez nem convinha que se fizesse, para que Abrantes não ficasse deserta, mais do que é, e assim ao invés foram edificados uns tantos hipermercados que pegam uns nos outros, e para o que foram criados ali outros serviços desenvolvendo o seu parque industrial, a levar a grande concentração de pessoas, que sempre vêem surgindo de todos os lados que para ali se despovoam em que até em camionetas fretadas o chegam aos bandos nos hipermercados, o que salta aos olhos do mais comum dos mortais, que os hipermercados e os serviços devem ser descentralizados, porque antes a pensar nas populações, tal condição, nunca se poderia ter verificado, ou não fosse de prever, as suas consequências, cego é o cão, vagaram-se pras pessoas — Prevaleceu o interesse de tornar Abrantes num grande centro.

Pois na verdade o objectivo dos presidentes que vieram a surgir para além do engenheiro Bioucas, que agora a Maria do Céu Albuquerque, todos eles travaram o desenvolvimento da vila convívio levando a total desânimo, em particular dos jovens, a conduzi-los a fazerem as suas vidas em Abrantes a mudar de residência a despovoar não só o Tramagal como todas as demais freguesias na Comarca fora de Abrantes, a que a ilustre então preside ( com autoritarismo, como sendo a dona disto tudo), e por isso não merece um voto que seja, ao fazer obras, sem o sentido de melhor servir às populações aos seus habitantes, mas antes para deles se servir, para o que atua cautelosamente, com a fineza de uma raposa à caça do voto.

Agora vamos ao mais severo e rude golpe que em muito travou a (vila) convívio de se poder desenvolver, e que hoje o seria certamente, um grande polo de atração no mundo do entretenimento a desenvolver na área da restauração, etc... Criando emprego, a não fazer os jovens sair da sua terra de origem onde têm suas raízes os seus familiares ente queridos, mas que se viram forçados abalar, porque os senhores do cabeço, resolveram acabar com o que vinha a trazer desenvolvimento à terra, e assim travaram a Discoteca logo que verificaram o movimento porque quem vinha para o Tramagal não ia pras discotecas de Abrantes, onde se pretendia a maior concentração de pessoas, a tornar Abrantes num mundo mais evoluído, a trazer os saloios lá da província - que para tanto cabia estoirar com a discoteca e consequentemente - anos mais tarde estoiraram com o bar "As de copas " - devido aos resultados alcançados com o sucesso: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/denuncia-queixa-dirigido-a-policia-70366

Assim a partir do dia 08 de Agosto de 1989, o Tramagal deixou de ter Discoteca, e pelo que ainda assim o veio a Câmara a envolver a Sociedade Portuguesa de Autores a instaurar um processo, por falta de pagamento dos direitos reservados, quando antes levaram a licença para actualizar mas que nunca mais se dignaram em proceder em conformidade e como tal nunca a devolveram, esses mesmos delegados de espectáculos e dos direitos de autor junto da Câmara de Abrantes, para o que actuaram em união de esforços, com os mais diversos interesses em particular, a mal e há força da tirania - SUBMETENDO À MISÉRIA E MORTE: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/autor-raul-caldeira-proc-no-77297-le-56613

Confirmados os procedimentos para fazer encerrar a discoteca " Old Fashion " - deixa claro que o encerramento nada teve a ver com o " Às de copas " mas que antes se valeram das circunstânçias, pelo que vieram agir astuciosamente e pelo que todos sempre sacodem a àgua do seu capote, o que mais se atesta, quando ainda hoje decorridos mais de 20 anos duas décadas - o continuam todos eles unidos no mesmo propósito - a impedir o Tramagal de se poder desenvolver - nem nos deixam divertir, temos de ir para Abrantes, essa é que é a verdade, não nos deixam trabalhar a desenvolver, encerrado: https://www.facebook.com/castelodetramagal

Isso é normal? Vamos malta, bora, bora, vamos todos - Abrantes, bora lá gente - nem um voto merece...!!!

Raul Caldeira

 

 
----- Mensagem encaminhada de "Raul M.Q.C.S.silva" <raulcaldeira@hotmail.com> -----
   Data: Fri, 16 Jun 2017 15:17:03 +0100
     De: "Raul M.Q.C.S.silva" <raulcaldeira@hotmail.com>
Assunto: O QUE IMPEDE O DESENVOLVIMENTO DA VILA CONVIVIO E DEMAIS...!!!
   Para: Maria Do céu <presidencia@cm-abrantes.pt>
     Cc: gp_ps <gp_ps@ps.parlamento.pt>

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Favoritos