Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.
 
 
Santana-Maia Leonardo na tomada de posse como ptresidente da Delegação e Agrupamento de Abrantes da Ordem dos Advogados em 2014 Foto: arquivo mediotejo.net
 
De: Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt>
Enviado: 31 de março de 2015 20:10
Para: Raul M.Q.C.S.silva
Assunto: Re: ( URGENTE) PEDIDO DE REABERTURA DE INSTRUÇÃO PROCESSO 55/13

Boa tarde!

Não considero vantajoso requerer a abertura da instrução nestes casos.
É preferível uma pessoa defender-se em julgamento.
Mas se quiser pode falar comigo dia 7 de Abril (3ª Feira) às 15H ou 18H.

Atenciosamente
Santana-Maia Leonardo
 
 
Sent: Tuesday, March 31, 2015 2:54 AM
Subject: ( URGENTE) PEDIDO DE REABERTURA DE INSTRUÇÃO PROCESSO 55/13
 
Bom dia!

Sobre as observações, que lhe transmiti, acerca da conduta da procuradora http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/burloes-a-coberto-da-gnr-e-do-mp-de-2517
- Veio essa agora a revelar-se, conforme despacho: 
 

ACUSAÇÃO BASILIO.jpeg

Desde já manifesto a vontade de tornar o despacho arguido,  e consequente reabertura de instrução,  nos termos e pelos seguintes fundamentos:

 
Não é verdade, que tenha vindo atrair, esse tal Basílio, a casa de um irmão meu. E ai chegado, com o seu genro, sem mais nem menos, me tenha vindo a intitular,  rei e senhor-dono de uma propriedade, dizendo que tinha (300) trezentas arrobas de cortiça, para vender  - Pelo que o Basílio, de imediato  -  confiou em mim e puxou de ( 1000) mil euros,  que me entregou, como sinal e principio de pagamento.
 
Os negócios, não se fazem assim. Ninguém compra nada sem ver: A apreciar, palpar, cheirar, experimentar - a informar-se nos mínimos detalhes - afim de poder ajuizar - sobre as condições  do negocio. E a procuradora, quando faz os seus (negócios), decerto que não é diferente do normal - sendo igual a todas as outras pessoas. E o Basílio, enquanto negociante de cortiça, decerto que o foi, bem, mais atento ( ou não fosse essa, a sua área de negócio) -, e por isso mesmo, seria bem mais difícil de enganar - porque o contrario é que não se afigura, valha-nos a santa.
 
Cita-se ainda, a emissão de uma declaração. Pelo que sobre esse aspecto, importa em esclarecer: Que esse não pretendeu qualquer contrato, alegando que tinha divida às finanças, e que ia trabalhando a coberto de um seu genro, que lhe dispensava alguns recibos, que era o que usava nos negócios que ia fazendo - Pelo que la trouxe então o recibo e os (1000) euros, conforme o acordado - para o que se fez acompanhar do seu representante legal, como esse assim me foi apresentado, quando fomos ao terreno, em que para além desse seu genro , o comprador, fez-se ainda acompanhar, de um seu funcionário - que estranhamente (ou não) -  o seu nome, nem sequer veio a surgir, no rol de testemunhas.
 
Até porque foi no domicilio desse funcionário,  e através desse mesmo,  - que o negócio teve o seu inicio, uma vez que tomei conhecimento, que esse trabalhava para um negociante de cortiça e, por isso o vim a procurar a, um sábado da parte da manhã, em data que não recordo.
 
Ai chegado ao contacto com o funcionário, esse de imediato, se disponibilizou a telefonar ao seu patrão:  tendo esse manifestado o seu interesse. Tanto que ficou, acertado,  encontramos-se no sábado seguinte, nesse mesmo domicilio, do seu funcionário - E foi nessas circunstâncias, que vim então, a propor o negócio, que esclareci com total transparência e, nada serviu de obstáculo, tanto que ficou combinado, em deslocamos-se à propriedade, vindo então esse, a avaliar,  em (300) trezentas arrobas de cortiça para tirar da árvore, para o que ofereceu 2500 euros e, eu pedi 3000, mas que acabamos por chegar acordo, por 2700 -  Sendo que o acerto do negócio, teve lugar nesse mesmo dia, logo ao anoitecer,  de frente à minha residência, na rua quinta dos bicos (em Tramagal), onde só já estiveram presentes (sogro e genro), por já se haverem libertado do dito funcionário.
 
Dai que quando esses, foram  ao meu encontro, na casa do meu irmão, o tal Basílio: já trazia consigo os (1000) mil euros e, a dita declaração/recibo - pelo que celebramos então o contrato - que havíamos acordado - o que é totalmente diferente do afirmado pela procuradora.
 
Convém ainda, em realçar: que quando se deslocamos à propriedade, logo  mal chegamos ao local, o Basílio, quase de imediato -, alertou para a falta de cortiça num sobreiro, pelo que me manifestei, no sentido de vir apresentar queixa, mas o Basílio tentou-me demover, para que não o fizesse: desvalorizando, que não era nada do que estava a pensar, para o que invocou, a sua experiência profissional: dizendo que foi alguém, para fazer um cortiço, para as abelhas, que se via logo pelo diâmetro do sobreiro, que essas coisas aconteciam com muita frequência.  Até porque não tivesse problemas, que se viéssemos a fazer negócio, logo que houvesse ordem dos serviços das florestas - no primeiro dia começava a tirar a cortiça, mas ainda assim: eu vim mesmo apresentar queixa, o que teve lugar a 22 de Março de 2013, como se pode constatar:  http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/1258.html
 
Posteriormente, vim a ser chamado afim de prestar declarações, junto do posto do Tramagal,  o que teve lugar, no dia 17 de Abril de 2013,  conforme o vim a tornar ao conhecimento publico: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/1478.html
 
Contudo,  foi-me perguntada a identidade  das testemunhas, para o que vim a contactar o comprador da cortiça, afim de me fornecer a sua identidade e, a do seu genro, mas esse desviou-se sempre, recusou-se em fazê-lo, tal como o seu funcionário, que disse desconhecer a identidade do patrão e do genro desse, e quanto a ele, também não quis fornecer a sua identidade, ao ponto de me dizer, que não viu nada - tal como transmiti ao doutor (...).
 
Diz ainda a santa magistrada: que no dia 21 de Maio, por cerca das 15 h, o comprador, foi para ir tirar a cortiça e quando se dirigiu ao prédio, ai teve conhecimento que esse não me pertencia, pelo que ainda nesse mesmo dia, cerca das 18 horas, o "ofendido", veio ao meu encontro, pelo que me propus, a resolver o problema, mas que até à data não se verificou.
 
Não é verdade. Pois esse só veio ao meu encontro, após muitos contactos telefónicos, para que viesse a honrar o seu compromisso, porque afinal não foi tirar a cortiça -  logo que surgiu a ordem, como se havia comprometido, e para o que tinha de pagar os restantes 1700 euros - pelo que a desculpa, era a carrinha que tinha avariado, mas que fica-se descansado, que logo que pudesse, vinha ao meu encontro.menssagem encaminhada.jpg
 

Pelo que la veio, então, a surgir: não na minha residência ( ao invés do afirmado pela procuradora ), mas sim na residência do meu irmão. Para o que apareceu com uns papeis, nas mãos, a fazer-se de par-vinho, dizendo, que lhe foram entregues, no escritório do  advogado dos feitinhas, para o que alegou: em ter ido à propriedade, afim de tirar uma amostra de cortiça, para mandar para a fabrica e, nessa altura, apareceu um individuo, que travou conversa, mas depois já dizia, que os  feitinhas é que tinham aparecido,  mas na acusação nada disso consta, apenas se refere, de que tomou conhecimento (quando foi para tirar a cortiça), mas não esclarecendo, como, nem através de quem - , mas que é de pressupor ser o feitinha, uma vez que o seu nome, surge como testemunha, enfim!...

 
E também não é verdade, que me propus a resolver o problema e que tal não se verificou. Porque logo de imediato, tomei medidas, para, desmascarar a trapalhada a vigarice, pelo que convidei assim, o comprador, a iremos ao posto da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Ponte de Sôr, para o que combinamos, encontrar-se na propriedade, pelas 9 h do dia seguinte, como veio acontecer, e de la partimos para o posto - mas  ainda assim, o comprador recusou-se a honrar os seus compromissos, o que em nada me surpreendeu,  conforme se confirma do retratado no processo de resolução de contrato.http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/resolucao-de-contrato-por-alteracao-das-2265
 
Tendo em consideração os prazos, para a reabertura de instrução, agradeço que o doutor me diga, se esta disponível para o processo e, se estiver, enquanto importam os honorários, para eu me poder prevenir.
 
Atenciosamente,
 
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva
 
CONTUDO O ARGUIDO NÃO VEIO A COMPARECER À CHAMADA NO SEU ESCRITÓRIO PORQUE ESSE ESTAVA AO CORRENTE DA SITUAÇÃO OU MELHOR ENVOLVIDO QUANDO ANTES FICOU DE RESOLVER O CONTRATO - E ASSIM VEIO O ARGUIDO A ELABORAR O REQUERIMENTO, VINDO POSTERIORMENTE A TESTAR A REAÇÃO DO ADVOGADO SANTANA MAIA LEONARDO, QUE AO SENTIR-SE DESMASCARADO - REAGIU EXALTADO COM PREPOTÊNCIA - CF: https://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/despacho-ao-pedido-de-abertura-de-18541

 

 
 EM POSE DE ENGANADOR-VIGARISTA SEM ESCRUPÚLOS!
Santana-Maia Leonardo na tomada de posse como ptresidente da Delegação e Agrupamento de Abrantes da Ordem dos Advogados em 2014 Foto: arquivo mediotejo.net
 
Data: Thu, 1 Oct 2015 03:41:52 +0100
De: Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt>
Assunto: Re: VIOLOU O SEU CÓDIGO DE CONDUTA DE HONRA !
Para: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
 
Boa tarde!
 
O senhor pagou-me para lhe tratar e o acompanhar num processo.
É isso que tenho feito. Não fui notificado de mais nada nesse processo.
Relativamente a um outro (pelo qual não me pagou nada), fiz várias reuniões consigo e com a outra parte com vista a chegarmos a um acordo.
Cheguei a um resultado que me pareceu vantajoso para a sua parte e aconselhei-o nesse sentido.
O senhor recusou e eu disse-lhe que, nesse processo, acabava aí a minha intervenção.
Se quiser tratar de alguma coisa comigo, tem de ir ao meu escritório porque eu não trato dos assuntos por mail.
Aliás, já estou a fazer mais do que devia porque não sei sequer com certeza quem é a pessoa que me está a enviar os mails.
 
Atenciosamente
Santana-Maia Leonardo
 
 
 

A seu bom timbre farsolante de vigarista, veio a fugir ao solicitado:

 
 
" Diz que lhe paguei, para me acompanhar num processo e que foi isso que fez, que de resto não havia sido notificado de mais nada"
 
Na verdade acompanhou-me uma vez, em que nada mais fez, do que me arrastar do tribunal, até ao seu escritório, afim de me cobrar os seus honorários, para defesa dos meus direitos, mas que se ficou por ai e por isso mesmo ( só pelo dinheiro), - em prejuizo do seu cliente, para servir a terceiros - agentes e funcionários do estado, que usurparam as suas funções e, para o que habilidosamente, como é de apanágio do sistema, lá deixaram prescrever o processo, a consentimento do advogado Santana Maia Leonardo, que do sistema faz parte, Cf. http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/despacho-de-evora-resposta-santana-2026
 
" Refere-se a um outro processo (pelo qual afirma, que não lhe paguei nada), em que o Santana Maia Leonardo se me ofereceu para trabalhar de borla e para o que veio a invocar em ter feito varias reuniões com as partes - como de resto se esclarece acerca da sua CUMPLICIDADE, indecentemente, Cf. http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/resposta-a-proposta-nojenta-compra-e-7283
 
Foram então várias reuniões, invocando o seu trabalho, num processo em que não lhe paguei nada, acedendo à sua oferta a custo zero, a titulo de bonus, por já me ter gamado em 2 processos. Lembrando que no processo em que me acompanhou e um outro, que se esqueceu de referir, e que de resto também lhe paguei, mas que apar do primeiro:  http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/8864.html - também nada fez, para além de receber o dinheiro: Que perante a inercia do advogado Santana Maia Leonardo, que só trabalha quando não recebe pagamento, e da Procuradora-geral da Republica Joana Marques Vidal, que recebe salário e não trabalha, etc...), que para tanto o foi solicitada a intervenção, junto da casa da democracia, onde se fazem e aprovam as leis, cabendo ao Estado em vir assumir responsabilidades perante as ações ou omissões, por parte dos seus agentes e funcionários, que decorra do exercicio das suas funções (art. 22 CRP), Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/contestacao-7919
 
A 28 de Maio do ano 2014 , veio anunciar uma reunião para no dia seguinte a 29 de Maio, com os sócios da empresa, Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/email-28-de-maio-2014-jornal-da-ponte-13057
 

Perante o que lhe foi transmitido quanto aos procedimentos que se prendem com o facto de ter gravado as conversas, durante a invasão à minha residência, em que a Policia Judiciària, veio a roubar 3 computadores para me submeterem ao silêncio, mas que nada mais fez, do que se limitar em dizer: O senhor tem advogado pelo que se deve recusar a prestar declarações onde quer que seja sem a presença do seu advogado: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/email-28-de-maio-2014-jornal-da-ponte-13057

 

No que toca ao jornal " aponte " que o Santana Maia Leonardo o tanto se orgulha ao afirmar-se como seu fundador: Lamentando-se, contudo, o facto, de não ter dado consentimento, ao pedido do seu cliente, afim de poder vir a dar uma entrevista a esse orgão de imprensa, por solicitação da parte do Senhor Bruno Guimarães, enquanto diretor do Jornal que invocou ter visto o blog, o que lhe despertou à atenção, e que de resto agora se encontra, bem mais, alargado: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/resolucao-de-contrato-por-alteracao-das-2265

 

A 24 de julho de 2014, isto é: 2 meses após a primeira reunião, e ao fim de várias reuniões, disse então o advogado que se ofereceu para trabalhar de borla: Relativamente ao processo 55/13.8GDABT, não sei a que processo se refere mas parece que o acusam de uma burla simples e que o MP pretende resolver a questão com uma injunção: pagar ao ofendido 1.000€. Não sei, no entanto, de que processo se trata pelo que não me posso nem pronunciar nem tenho informação suficiente para o aconselharhttp://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/moralmente-tem-razao-juridicamente-nao-7090

 

Afirma em desconhecer o processo, que de resto ainda que não tivesse conhecimento, mas sabia dos factos relacionados com as ocorrências: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/1478.html   - que para tanto o ficou de resolver o contrato http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/resolucao-de-contrato-por-alteracao-das-2265 e que de resto o afirma em ter vindo a manter várias reuniões com os sócios da empresa, mas que também nunca lhe falaram de nada, o que revela claramente a sua cumplicidade - pelo que se encontra por demais envolvido nesse processo criado astuciosamente, com segundas intenções, que para tanto o afirma ter feito várias reuniões: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/resolucao-de-contrato-por-alteracao-das-2265

O contrário é que não se verifica, como antes por demais se confirma, se principalmente não se tentar em descurar ainda o facto de ter mantido várias reuniões, com o senhor Zé das escadas e o filho, que também esteve la presente no tribunal, mas assistir, quando na verdade o deveria estar como arguido sentado ao lado do Santana Maia e da procuradora que deduziu a acusação e dos demais pobrezinhos de espirito, que sobre esse aspeto o email datado de 5 de Outubro de 2015, teve lugar, muito antes da farsa do julgamento, Cf. https://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/santana-maia-leonardo-responde-furioso-1011 

Ao que se acrescem outros mais desprecavidos de consciência, a destacar o Messias botelho e a Madre Teresa de calcutá a Juiz Hélia Agostinho, a santa protetora dos indecentes, da libertinagem - http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/pois-na-verdade-a-acusacao-nao-passa-de-3585 - todos os advogados de Abrantes se recusaram a defender o cidadão Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva.

 

Veio então o Professor, apresentar-se ao estilo do Duarte, que bem ensinado, também não sabia de nada, mas que afinal esteve por demais envolvido, assim como o Basilio e o Zé das escadas e companhia, em que todos eles, se revelaram em estar a padecer de uma grande crise de amnésia, bem representados no papel de arguidos ( que legalmente outro lugar nãos lhes cabia), que era nessas condições que se deveriam encontrar, mas que ainda assim, o foram bem compreendidos pela Juiz Hélia Agostinho, que sempre foi interrompendo as testemunhas a impedir que cocluissem os seus depoimentos ( para que não falassem a verdade), e pelo que usou para alibi do esquecimento -  foi à 3 anos faz muito tempo, pelo que se manteve sempre muito atenciosa a pactuar com a vigarisse, quando o Basílio lá todo atrapalhado, recupera do estado amnésico e de repente o diz: Eu fui aqui chamado, retorquindo a Juiz, mas isso não interessa foi no inquérito, enfim!...

 
Matematicamente 3 mais 2 igual a 5, pelo que importa em questionar à quantos anos a Juiz Hélia Agostinho foi proclamada Juiz - porque com uma memória tão curta, revela ter esquecido o que aprendeu na universidade, que decerto não foi para proteger quem pratica ilicitos criminais em detrimento das suas presas das vitimas, Cf. 
 
E assim vai o presente submetido aos especiais cuidados da senhora Procuradora-Geral da Republica, a juntar aos autos ao abrigo do nº 1 do artigo 98 do CPP, na sequência de anterior requerimento datado de 15 de dezembro de 2016, Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/requerimento-a-pgr-10169 - Como de igual modo o vai submetido aos especiais cuidados do Senhor Juiz Presidente, do Supremo Tribunal de Justiça, na sequência do recurso então apresentado junto do doutor botelho, para os fins tidos por convenientes à defesa do arguido no profundo respeito pela legalidade democratica, então por demais violada até aqui, em meu detrimento, mas que a todos nos afeta - Estado os cidadãos e a sociedade. 
 
Senhor Santana Maia Leonardo este email foi enviado pelo seu cliente que tentou burlar - e que finge ter duvidas, quanto à origem do email, para o que me manda ir ao seu escritório, para não ficarem registos de prova quanto aos seus comportamentos, pois bastaria um simples telefonema a esclarecer-se, o que não fez, porque não tinha duvidas, até porque basta verificar o que se retrata do email, no seguimento de outros procedimentos evasivos, que outros de pessoa de bem, não se verificam, da sua parte, sempre bem pelo contrário, Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/eu-e-os-meus-familiares-continuamos-a-724
 
E pelo que nessas circunstâncias, encontra-se o cidadão Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva, refém a mal e à força, aguardar por um adogado que se digne assinar o recurso e pedir a reabertura de instrução - quanto ao outro processo em que também recebeu os honórarios e nada mais do que isso fez: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/8864.html
 
Pede deferimento,
 
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva
 
 Ps. O presente já se encontra disponivél no blog http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/ a ser fortemente publicitado na Internet através das redes socias, a levar ao conhecimento de todos -  para o que se invoca o interesse publico, sendo a justiça administrada em nome do povo: https://www.facebook.com/anticorruptos/
 

 

BEM CONSÇIENTE RESPONSÁVEL PELAS SUAS AÇÕES - RAUL CALDEIRA INVOCA: O CAPÍTULO VI Dos crimes contra a honra Artigo 180º Difamação 1 - Quem, dirigindo-se a terceiro, imputar a outra pessoa, mesmo sob a forma de suspeita, um facto, ou formular sobre ela um juízo, ofensivos da sua honra ou consideração, ou reproduzir uma tal imputação ou juízo, é punido com pena de prisão até 6 meses ou com pena de multa até 240 dias. 2 - A conduta não é punível quando: a) A imputação for feita para realizar interesses legítimos; e b) O agente provar a verdade da mesma imputação ou tiver tido fundamento sério para, em boa fé, a reputar verdadeira: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/requerimento-a-pgr-10169
 
 
                                                                     Artigo 13.º
 
                                     Princípio da igualdade

 

1. Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei.

2. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.

 //blogs.sapo.pt/profile?blog=corruptos

 

----- Mensagem encaminhada de Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt> -----
   Data: Mon, 26 Dec 2016 21:06:49 +0000
     De: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
Assunto: VIOLOU O SEU CÓDIGO DE CONDUTA DE HONRA !
   Para: santana-maia@outlook.pt
     Cc: Apoio advogados <acessoaodireito@cg.oa.pt>, Ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>, "ADV.Ricardo Esteves" <rep.advogado@gmail.com>, Abrantes OA <abrantes@del.oa.pt>, PGR <mailpgr@pgr.pt>, procurador geral <mailpgr@pgr.pt>, gp_ps <gp_ps@ps.parlamento.pt>, gp_pp <gp_pp@pp.parlamento.pt>, gp_psd <gp_psd@psd.parlamento.pt>, Gp_pcp <gp_pcp@pcp.parlamento.pt>, "bloco.esquerda" <bloco.esquerda@be.parlamento.pt>, Partido Humanista <partidohumanista.portugal@gmail.com>, Assembleia republica <correio.geral@ar.parlamento.pt>, Combate a corrupção <info@inteli.pt>, "cons.geral" <cons.geral@cg.oa.pt>

 

 

----- Mensagem encaminhada de Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt> -----

   Data: Thu, 1 Oct 2015 03:41:52 +0100
     De: Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt>
Assunto: Re: VIOLOU O SEU CÓDIGO DE CONDUTA DE HONRA !
   Para: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>

Boa tarde!
 
O senhor pagou-me para lhe tratar e o acompanhar num processo.
É isso que tenho feito. Não fui notificado de mais nada nesse processo.
Relativamente a um outro (pelo qual não me pagou nada), fiz várias reuniões consigo e com a outra parte com vista a chegarmos a um acordo.
Cheguei a um resultado que me pareceu vantajoso para a sua parte e aconselhei-o nesse sentido.
O senhor recusou e eu disse-lhe que, nesse processo, acabava aí a minha intervenção.
Se quiser tratar de alguma coisa comigo, tem de ir ao meu escritório porque eu não trato dos assuntos por mail.
Aliás, já estou a fazer mais do que devia porque não sei sequer com certeza quem é a pessoa que me está a enviar os mails.
 
Atenciosamente
Santana-Maia Leonardo
 
Sent: Wednesday, September 30, 2015 2:20 PM
Subject: RE: VIOLOU O SEU CÓDIGO DE CONDUTA DE HONRA !
 

Boa tarde!


 
Continua assumir um comportamento desviante-evasivo, o maior cego não é o que não vê, mas antes o que vendo não quer ver, mas viu o meu dinheiro?
 
É habito as pessoas procurarem-no para lhe dar dinheiro a troco de nada ?
 
O senhor é a favor da criminalização do enriquecimento (injustificado) ilícito?
 
A questão não esta nem deixa de estar em opiniões, eu paguei-lhe para vir a defender os meus legítimos interesses, não foi uma consulta jurídica , certo?
 
Se eu tornar os factos ao conhecimento publico, tem algo contra ?
 
 
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva


From: sml@outlook.pt
To: raulcaldeira@hotmail.com
Subject: Re: EU E OS MEUS FAMILIARES CONTINUAMOS A SER VITIMAS DO SISTEMA INQUISITÓRIO ( PERSEGUIÇÃO-TERRORISMO )
Date: Mon, 28 Sep 2015 16:55:37 +0100



Boa tarde!
 
Não compreendo o seu teor do seu mail.
Não sei francamente a quem se está a referir quando fala na defesa da Regionalização, em António José Seguro, etc.
Quanto à minha relação consigo, ela é profissional pelo que devemos falar no escritório e não por mail.
E sobretudo não confundir o que é profissional com o que é pessoal.
Cada um tem direito a ter as suas opiniões, concordemos ou não concordemos com elas.
Quanto aos assuntos profissionais, eu dou-lhe a minha opinião e o senhor tem a liberdade de, caso não concorde com ela, de procurar outro advogado que ache que defende melhor os seus interesses.
 
Atenciosamente
Santana-Maia Leonardo
 
Sent: Monday, September 28, 2015 4:32 PM
Subject: EU E OS MEUS FAMILIARES CONTINUAMOS A SER VITIMAS DO SISTEMA INQUISITÓRIO ( PERSEGUIÇÃO-TERRORISMO )
 
Confesso-me, estupefacto - pela atenção que tem vindo a colher ( junto de tantos e tão ilustres figuras), do norte ao sul do país - com o lançamento do seu livro (...)

De facto, tem arrastado gentes e gente notável, ao longo da sua " tournée " ( por onde vai passando), a cantarolar como rouxinol, aos saltinhos de um lado para o outro, em defesa de interesses obscuros, que sofreram um rude golpe ( com a saída do tribunal de Abrantes).


A consequente saída do tribunal  e a criação do portal do ministério da justiça (Citius) , desagradaram-no, pelo que veio a entrar, em rotura com a ministra da justiça e consequentemente -  de birra, rompeu com o (PSD). Piscando logo o olho ao (PS) de António José Seguro, que dizia que quando fosse primeiro-ministro, trazia os tribunais de volta. Mas a volta levou-a ele, com a " traição" do António costa, que o senhor condenou. Pelo que  gorado o sonho do regresso do tacho, pela  via (PS).  Ainda assim, não baixou os braços, pelo que agora à deriva - questiona acerca da qualidade da democracia nos últimos ( 30 ) trinta anos: e assim, com um ar de Gonçalves - apresenta-se de momento, como grande defensor da regionalização, a correr como um louco - Apelar nos jornais, nas redes sociais, em particular no ( https://www.facebook.com/santanamaia.leonardo )

Na verdade, através da regionalização - visa abrir caminho, para trazer de volta  - o manjar dos deuses, ou seja, o regresso da "Camorra" Abrantes - e  por outros interesses,  que possam vir a fluir, através de um qualquer cargo político - São esses os objectivos, que o conduziram a saltar para a praça publica - Sendo que no que toca ao segundo aspecto: a um termo futebolístico - o senhor já mais parece um jogador de futebol (em fim de carreira) - arrastar-se a  todo custo, de um lado para o outro à procura de clube. Acenando agora ao partido comunista, pelo que já tanto importa - esquerda ou direita, tanto faz  (ideologias partidárias à parte), o que importa mesmo, é ser rabiscado, por um qualquer - pelo que soube escolher bem o tema (regionalização), mas o seu percurso esta a chegar ao fim, não vai ter êxito, termina aqui - entendo ser este o momento exacto, para o vir a desmascarar.
 
A regionalização, na sua perspectiva: é como a ponte do Tramagal:  que por altura das eleições, da sempre muito jeito a certos filhas da mãe, em vir a invocar a sua edificação -  mas terminada a caça ao voto ( aos interesses ), tal como se expressa no seu manifesto - tudo na mesma como a lesma, de boas intenções esta o inferno cheio, a verdade crua e nua - pelo que vamos lá então à verdade - crua e nua : http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/4120.html - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Perante essa panóplia, veio a responder-me, ou melhor: a ofender-me, como se constata do seu e-mail (...) - Isso não são coisas que um advogado diga: aquém se empenhou a pagar-lhe os seus honorários  - Até porque Já-mais, procuraria, os serviços de um advogado, para me livrar de qualquer multa ou penhora ( ou fosse la do que fosse), e muito menos, para  me vir a dizer - que todos nós sabemos que a justiça funciona mal -  em que até aos profissionais da área, a todos os enxovalha - O que se torna muito grave , se principalmente não se tentar em descurar, que o senhor é jurista (um profissional da advocacia ), no caso -  o delegado da Ordem dos advogados de Abrantes, supostamente, com responsabilidades - ainda mais acrescidas: http://www.oa.pt/Conteudos/Artigos  /detalhe_artigo.aspx?idc=30819&idsc=1244&ida=61807 -  Como ficamos, doutor Santana Maia Leonardo ?

Expressa ainda (...) - No crime são necessárias certezas - referindo-se ao outro processo, ou seja, à queixa apresentada, contra esses  mesmos serviços do (MP), pelo que a  relação de Évora ( erradamente, contra a lei e o direito), vieram a proferir despacho de arquivamento - e o senhor recusou-se a pedir a reabertura de instrução (...) Não colaborou com a justiça,  porque faz parte do sistema - do que resulta a pratica dos  crimes de tráfico de influências ( p.p.º  no artº. 355) - e consequente denegação de justiça e prevaricação  p.pº  no artº. 369 ambos do (CP) - prevalecendo o segundo sobre o primeiro, e saindo agravado  - senão se tentar olvidar os estatutos de que os visados dispõem  - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

( https://www.youtube.com/watch?t=582&v=bDUksiLVqpw ) Como se confirma da gravação, alertei o oficial de justiça para o facto dos visados nem sequer terem vindo apresentar queixa por difamação  - Pelo que logo de imediato, surgiram quatro queixosos (4), e consequentemente (lhttp://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.html ) - É de bradar aos céus, de arrepio, sem escrúpulos - São suposições doutor Santana Maia Leonardo?

Ainda assim, não se ficaram por ai nem por isso mesmo: pelo que com contornos de vinganças – vieram a enviar-me as respetivas guias, para  que viesse a proceder ao seu pagamento (...), porque os senhores magistrados junto da relação de Évora - não tiveram a coragem suficiente,  para descolar dos seus colegas de Abrantes -  pelo que o tráfico de influências continua a verificar-se  -  Ilegal é as vitimas, apresentar queixa  - contra agentes e funcionários do estado - a lei da rolha, é comer e calar, se não quiser sofrer mais represálias - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Como não paguei, nem propus em vir a fazê-lo - Consequentemente, como na gíria popular, se ousa em dizer: não vai a bem vai a mal - pelo que o clima de vingança continua e tenho mesmo de ser sacado, pela força dos tiranos - Que para tal, fui recentemente, interceptado na via publica, junto ao posto de abastecimento REPSOL, na  Estrada  Nacional 118 , em zona bem movimentada , para gerar juízos de desvalore - o normal funcionamento do sistema, para ludibriar as pessoas a leva-las ao engano, a meu respeito e dos meus familiares.

Fui então abordado por um elemento da (GNR), que me veio a questionar: sobre os bens de minha pertença, mas não me foi entregue qualquer cópia dos autos, apesar de a ter solicitado, mas o  guarda Matos, retorquiu - dizendo que nestes casos, não tem direito à cópia enfim (!...) - Pelo que ficou por isso mesmo  - encontrando-me de momento, aguardar,  pelo regresso do oficial de justiça João Branco,  acompanhado, dos elementos da (GNR) – Como se da reconstituição do crime se venha a tratar http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Novo ataque, esta iminente - na vila e freguesia do Tramagal, Concelho de Abrantes sobre a presidência da cacique do (PS) Maria do Céu Albuquerque (  http://corruptos.blogs.sapo.pt/1033.html ), Como assim veio a ser apadrinhada pelo doutor Santana Maia Leonardo, que agora se apresenta como advogado de defesa da senhora, pelo que fico feliz, por terem melhorado nas vossas relações pessoais  - mas eu não lhe paguei, para vir a defender a sua afilhada, que já mais parece a dona disto tudo, depois de tantas batalhas políticas, conseguiu dominar o adversário e fazer do padrinho, tão seu fervoroso defensor - a ponto de o doutor Santana Maia Leonardo, completamente caído, como se de uma grande paixão se trata-se – Violou o seu código de conduta de honra - pelo que a senhora bastonária da Ordem dos advogados,  certamente que não vai deixar de avaliar acerca dos factos, até porque quantas mais não fez ao longo da sua vida a quantos mais não prejudicou  - De salientar, que a doutora Elina fraga, marcou presença como oradora, no lançamento do seu livro (…), tal como outros ilustres destacados que tem vindo atrair, pelas localidades por onde vai passando , apregoar a regionalização, com o faro, bem aguçado, no sentido dos tachos - porque o contrário é que não se afigura - São suposições doutor Santana Maia Leonardo?

Contestei e  até solicitei a intervenção por parte da senhora ministra da justiça e outras edilidades  - Como se confirma através dos endereços de correio electrónico ( http://corruptos.blogs.sapo.pt/1033.html ), mas o senhor oficial de justiça João Branco  -  declarou que o meio de transporte da contestação, não o era válido, e declarou também, que foi o Raul Caldeira quem foi identificado na posse da maquina, o que é categoricamente desmascarado, dado o facto do Comandante do Posto da Guarda Nacional Republicana Manuel Liberato Anjos Pita ter identificado o responsável pela maquina o senhor Miguel que de resto tudo pareceu normal, uma vez que até se encontraram a falar, na cabine do (DJ) a sós em particular não me pareceu que algo de errado se tenha passado, o que se torna completamente anormal, com segundas intenções, me tenham vindo a ser imputadas as responsabilidades o que nunca poderia ter acontecido (  http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ )                     
Mas ainda que assim o fosse -  então como gente civilizada ( como manda da lei), cabia.lhe - em vir a informar sobre quais os meios de transporte legais a poder utilizar, se via CTT, fax,  ou de burro, à antiga portuguesa, que tantas saudades lhes causam, esses  tempos à moda antiga - em que não havia  Internet - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Salvo devido respeito e melhor opinião: Veio então actuar em forma de " gangster ", fazendo-se acompanhar por dois " capangas "- ao serviço da (GNR), e juntos em união de esforços, passaram ao ataque, em forma de " gangue ", pelo que voltei, apelar a intervenção por parte da senhora ministra -  merendo a sua atenção: http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?
O processo foi deixado prescrever de forma astuciosa - Com o consentimento  do suposto advogado que contratei e a quem  paguei, para defesa dos meus direitos, mas que não fez uma única diligência, sempre se recusou a colaborar com a justiça - limitando-se a tratar-me como um pobre ignorante - beneficiando a terceiros agentes e funcionários do estado - o que fez de forma bem consciente - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?


Perante essa panóplia: as suas duvidas ou incertezas (...), são as minhas certezas, pelo que não me restam quais-queres duvidas: de que deve vir a ser expulso da Ordem dos advogados, com imediata cessação da licença, e muito mal seria, se tal condição não se viesse a verificar, considerando os deveres de conduta a que os advogados se encontram sujeitos: http://www.oa.pt/Conteudos/Artigos/detalhe_artigo.aspx?idc=30lém 819&idsc=1244&ida=61807,

Santana Maia Leonardo, no seu manifesto, concluindo, diz: Somos um pequeno país cuja organização política e administrativa, para além de o tornar ainda mais pequeno, torna-nos mais pequeninos porque promove e fomenta a corrupção, a inveja, a mediocridade e o caciquismo - apresentando-se armado em " MESSIAS" - Vindo para nos salvar, do flagelo, que se tornou numa terrível epidemia, que nos corrói a alma e destrói a economia -   O senhor é lobo escondido com o rabo de fora - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?


No segundo parágrafo do manifesto: refere que o art. 13 da (CRP), nº 1º: declara que todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei - Condição, que na pratica não o é bem assim ( como o doutor Santana Maia Leonardo, o sabe e muito bem) - depende do freguês - dois pesos e duas medidas, conforme se confirma dos critérios do procurador, e da pobreza de espírito, do doutor Santana Maia Leonardo etc (...): Ihttp://perseguicaoterrorismo.blogs.sapo.pt/2288.html )- São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

De facto à luz da Constituição, os cidadãos têm todos a mesma dignidade social e são iguais perante a lei - mas o problema não esta na lei, mas antes nos operacionais em torno das coisas da justiça - em particular aqueles que a fiscalizam e executam - fazendo dessa mesma, letra morta, senão vejamos, um outro processo, que envolve esse mesmo procurador - Hélder  Cordeiro e outros demais magistrados, por arrasto etc (...): http://terremotonajustica.blogs.sapo.pt/745.html ) - São suposições doutor Santana Maia Leonardo?

Considerando, o disposto, no nº5 do art.º 29 da (CRP) - Ninguém pode ser julgado, mais do que uma vez, pela prática do mesmo crime - sendo que no caso, fui por (2) duas vezes - e já ia para uma terceira vazada , senão me tivesse erguido contra essa teia com praticas de terrorismo – atuar em roda livre, impunemente - São  suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Artigo 20 nº 1 da (CRP) - A todos é assegurado o acesso ao direito e aos tribunais, para defesa dos seus direitos e interesses legalmente protegidos, não podendo a justiça ser denegada por insuficiência de meios económicos - DIZ A LEI - mas o que impera não é a legalidade democrática, mas antes - o sistema corrupto e mafioso, que a todos nos atormenta  - lembrando que os " Jihadistas " são corruptos e, se não se vamos a eles, somos sacados, presos, enxovalhados, espancados, torturados, submetidos à miséria e à morte, enfim (!...), Pelo que a par dos migrantes e refugiados, meio milhão de cidadãos, houve - que tiveram de abandonar o país, pelo que as diferenças entre uns e outros - em comum são corruptos – as consequências são as mesmas ,  os jiadistas cobrem o rosto , em democracia é com e sem à cara podre http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ -  São suposições  doutor Santana Maia Leonardo ?

Artigo 21 da (CRP)  -  Todos tem o direito de resistir contra qualquer ordem que ofenda os seus direitos, liberdades e garantias e de repelir pela força  qualquer agressão, quando não seja possível, recorrer à autoridade publica: http://corruptos.blogs.sapo.pt/487.html - Quais são os bons ou quem são os maus,  afinal aquém os cidadãos se encontram entregues, quem nos defende, onde se encontram essas pessoas -  qual a porta onde havemos de bater ?????
Repare-se, que alertei para o facto de continuarem atormentar os meus familiares, chamando uma vez mais à atenção: quanto ao estado de saúde de alguns membros da família, em particular - o caso da minha progenitora
( http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ ), como aliás o venho a fazer, à já mais de (2) duas décadas –  E ainda assim, voltaram a violar o meu domicilio e como senão bastasse o dos meus familiares, aos dias (9) de Maio do ano de 2012,  (http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.html)  - Contra humildes cidadãos, gente civilizada - que no seu quotidiano , preza pelas suas relações perante os outros  e a sociedade em geral - Gente com carácter,  ao contrário desses pobrezinhos de espírito de que o doutor Santana Maia Leonardo, faz parte, e que há  justiça cabe responsabilizar, mas que de à muito - peca por tardio - e não se a vista a hora da cerimónia ( ...) - Porquê doutor Santana Maia Leonardo?
Entre a data das ocorrências (9) de Maio, até à presente - já decorreram mais de (27) vinte e sete meses. O  que em nada abona, a favor da tão proclamada maior celeridade processual - e até porque sentindo-se os  queixosos, tão enxovalhados,  no seu bom nome imagem e reputação - Não esquecendo ainda, os estatutos de que os mesmos  dispõem -, como é que ainda assim, não veio a surgir o despacho por parte da Procuradoria--Geral da República ( http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.html) - Porquê doutor Santana Maia Leonardo ?

Pois na verdade, enquanto o despacho não surge, vão-me mantendo com termo de identidade (TIR), no sentido de me fazer permanecer em silêncio (a mal e à força), com nova ameaça iminente (como acima se confirma), pelo que espero que não venham com mais represálias  em particular, contra os meus familiares, até porque o estado de saúde da minha progenitora inspira alguns cuidados, pelo que chega de terror (causando medo) - sendo que tais condições estiveram sob controle do doutor Santana Maia Leonardo - conforme disponho de gravação de vozes, além dos e-mails, a solicitar a sua intervenção junto da justiça ( nomeadamente da procuradora) - pelo que as suas respostas, são todas elas  evasivas (muito escabrosas) – revertendo a favor do sistema, que muitos teimam em manter, como é o caso do doutor Santana Maia Leonardo,  mas que habilidosamente se demonstra, contra a corrupção, a inveja, a mediocridade e o caciquismo - porque sabe o quanto o povo, sequer livrar desses vermes, sabe bem o que aos cidadãos afeta, e por isso se apresenta contra essas praticas - para desperta as suas atenções e consequentemente,  adquirir alguma notoriedade publica  - porque dela necessita, para tentar alcançar os objectivos a que se propõe - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Ainda que as coisas não se ficam por ai, ou não tenham vindo os inspectores da (PJ) apresentar queixa: originando um outro processo nº 55/ 13 TAABT pelo facto de ter gravado o diálogo mantido, no decorrer das buscas, - que fizeram na minha residência, no meu espaço reservado, intimo e familiar, contra a própria vontade - pelo que violaram os domicílios  mantendo-nos  sob sequestro e roubaram (3) três computadores  - Tudo dentro da legalidade, dizem : http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.html - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?
Como se ainda não basta-se, vim novamente a ser notificado - afim de prestar declarações, perante os serviços do (MP), tal como lhe transmiti acerca do comportamento da procuradora (...) - Pelo que uma vez mais, para não desgraduar da regra, voltou a evadir-se de responsabilidades  (...) - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Como sempre, para não fugir à regra: a sua resposta é evasiva e ofensiva, mas não se ficou ainda por ai (e por isso mesmo) - conforme, se extrai do seu e-mail (...) - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?     

No que toca ao terreno, eu questione: acerca do e-mail (…), que me veio dirigido pelo jornal de Ponte de Sôr, como se extrai  da sua parte final  - e o senhor respondeu que vai ter uma reunião  ? - São suposições doutor Santana Maia Leonardo?

Pois na verdade, voltou assumir, um comportamento desviante, fugindo ao solicitado - Sendo esse, mais um outro processo, em que sempre agiu de ma-fé -  tantos são os e-mails (...) e as gravações ao dialogo mantido - Quando para mais, fui eu, que tive de me esforçar, para conseguir resolver a situação, contra a sua própria vontade, o que o veio a deixar, bastante irritado: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/  - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

O doutor Santana Maia Leonardo: só protege corruptos, invejosos, gente medíocre – ervas daninhas que nunca deveriam ter nascido - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?


O estado a que chegámos, em que a Secção de  Combate à Corrupção à Fraude e a Evasão Fiscal da Policia Judiciaria: ao invés das obrigações a que se encontram sujeitos, vieram agir num clima de vingança ( em defesa de agentes e funcionários do estado - corruptos -   Com o sentido bem definido, de me virem a submeter ao silêncio, que para tanto, até levaram  (3) três computadores, sob a falsa argumentação de ser para fins de investigação - quando para mais, os blogs e o site, se encontram disponíveis on-line, por demais investigados pelos serviços do (MP), em particular a Procuradoria Geral da Republicas: http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.htm
 - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?


Pois na verdade, o processo da penhora prescreveu para proteger os agentes e funcionários do estado, os corruptos do sistema ( http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ , e o processo 595/12 TAABT,  vislumbra-se o mesmo destino (a prescrição), quando para mais me encontro constituído arguido com termo de identidade e residência (TIR) - desde  09 de Maio de 2012 - concluindo  28 messes no próximo dia 09 de Outubro, aguardar pelo desfecho o
despacho http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.htm - Como ficamos doutor Santana Maia Leonardo ?

https://www.facebook.com/anticorruptos

Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva



----- Fim de mensagem reenviada -----

 

 
 

EMAIL 28 DE MAIO 2014 JORNAL DA PONTE

por CORRUPTOS, em 23.12.16

 

----- Mensagem encaminhada de Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt> -----
   Data: Wed, 28 May 2014 03:44:30 +0100
     De: Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt>
Assunto: Re: A INFORMAR (...)
   Para: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>

O senhor tem advogado pelo que se deve recusar a prestar declarações onde quer que seja sem a presença do seu advogado.
Quanto ao terreno, vou ter amanhã uma reunião com os sócios da empresa.
 
Atenciosamente
Santana-Maia Leonardo
 
Sent: Wednesday, May 28, 2014 1:20 AM
Subject: A INFORMAR (...)
 
Bom dia !

1 - Doutor: fui ao tribunal, na qualidade de arguido, para prestar declarações, por causa de ter gravado a voz, dos inspectores da policia judiciária, como divulguei na Internet. Até um advogado chamaram. Eu a dizer que não era necessário, e que tinha advogado, disseram-me que o processo era outro - mas ainda assim, tenho o direito de escolher defensor.

2 - A procuradora, só escrevia o que lhe apetecia, desvalorizava o que eu dizia - apesar de  indicar as provas, que o tribunal tem na sua posse. Pelo que as buscas, nunca poderiam, ter tido lugar -  por isso mesmo, as tornei arguidas:
 
3- O que esta mal, não são as escutas, que fiz no meu espaço familiar-intimo, particular - Mas sim as buscas, com carácter de vinganças.
 
4 - Mas há mais aspectos que me mereceram o meu total repudio.  Quando a técnica, foi chamar o advogado, surgiu, de imediato, uma outra técnica, que me abordou, dizendo: que me tinha notificado, e que eu não tinha comparecido, pelo que enquanto o advogado, não chegava, podia aproveitar, para prestar declarações, e ficava dali descansado. Assim, para me ver livre dessa espécie humana, não identificada: la aceitei em prestar declarações ( na qualidade de ofendido, pelo inspector da (PJ), que me havia tornado como arguido pelas escutas) - mas mal comecei a declarar, logo veio a surgir, o advogado, e de imediato, o meu depoimento, foi interrompido - e levaram-me junto da procuradora, como quem enfia um boi pró-curro. 
 
5 - Quando sai: a outra técnica, voltou a chamar-me, para acabar o depoimento.  Pelo que me questionou: se eu ainda pretendia, manter a queixa, e eu disse que sim, e prestei mais algumas declarações, rasgando essa o papel sobre o que eu tinha dito antes, de ser ouvido pela procuradora. Justificando-se, que era melhor começar de novo. E la voltei a declarar, concluindo o meu depoimento, a pedir, que o mesmo, viesse a ser, submetido aos cuidados: da Senhora Procuradora-Geral da Republica ( Joana Marques Vidal), por não confiar nos serviços do (MP) - e terminei pedindo protecção policial.
 
6 - Quando disse que era para ser submetido, à Procuradora-Geral, por não confiar nos serviços do (MP), a técnica, disse-me. que a procuradora mandava de volta, para os serviços do (MP).  Isso é verdade, ninguém quer a batata quente nas mãos; eu transmiti isso mesmo, à Procuradora, pouco tempo após ter tomado posse: dizendo-lhe, que o caso era uma pesada herança deixada do Souto Moura ao Pinto Monteiro, e agora para ela, que de igual modo: também se revela, em não ter a coragem suficiente, para fazer, que seja reposta a legalidade democrática - deixando assim, prevalecer a força da tirania.
 
7 - Doutor, isto é só para o manter informado. Que venha la o despacho de pronuncia, isso é que importa, querem resolver as coisas na secretaria às escondidas, são fracos, não vão uns contra os outros (trafico de influências).
 
Com os melhores cumprimentos,
 
Ps. Doutor, fui contactado: pelo director do jornal " aponte " , que diz ter visto o meu blog do terreno, e se eu queria falar sobre isso. Eu manifestei, todo o meu interesse, e disse-lhe que tinha um advogado a tratar, e que não me podia meter nisso, mas que ia perguntar.  Se o Drº. entender, de interesse,  eu estou completamente disponível para falar ao jornal.
 
De: aponte <director@aponte.pt>
Enviado: 7 de maio de 2014 14:54
Para: raulcaldeira@hotmail.com
Assunto: Pedido de contacto

Boa tarde Sr.º Raul!


O meu nome é Bruno Guimarães e sou o diretor do Jornal aponte, mensário da região de Ponte de Sor. hoje durante um a busca de informação na internet, deparei-me com a o blog ( http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/) onde está publicado todo o seu descontentamento e duvidas sobre o processo onde o Sr.º se sente lesado, por essa razão decidi entrar em contacto e tentar perceber qual o ponto da situação e saber se sente interesse em falar-mos sobre a questão.

Ao seu dispor:
Bruno Guimarães
+351 926 505 882
director@aponte.pt
 

----- Fim de mensagem reenviada -----

Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva

----- Mensagem encaminhada de raulcaldeira@hotmail.com -----
   Data: Sat, 10 May 2014 01:48:26 +0100
     De: raulcaldeira@hotmail.com
Assunto: RE: Informação.
   Para: Aponte <director@aponte.pt>

Bom dia Srº.  Bruno Guimarães!

 
Recebi com agrado, a V/comunicação, que me despertou todo o meu interesse (...).
 
Ainda assim, com muita pena minha, não é o momento mais oportuno: visto que o caso, se encontra aos cuidados de um advogado, pelo que entendo, não falar sobre o assunto, até porque não seria nada simpático - para a relação que se pretende, entre advogado e cliente - , já-mais, como se compreende.
 
De momento. Só posso avançar, que é digno, de um filme - A coisa do Estado ou o estado da coisa.
 
Atenciosamente,
 
 

Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva

Ps. de qualquer modo, vou abordar junto, do meu defensor, sobre a possibilidade de falar ou não (...).

Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva



----- Fim de mensagem reenviada -----

 

 

 
 

santana_maia-leonardo_tomada-posse-Ordem-Advogados

 

 ---- Mensagem encaminhada de Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt> -----

   Data: Thu, 1 Oct 2015 03:41:52 +0100
     De: Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt>
Assunto: Re: VIOLOU O SEU CÓDIGO DE CONDUTA DE HONRA !
   Para: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>

Boa tarde!
 
O senhor pagou-me para lhe tratar e o acompanhar num processo.
É isso que tenho feito. Não fui notificado de mais nada nesse processo.
Relativamente a um outro (pelo qual não me pagou nada), fiz várias reuniões consigo e com a outra parte com vista a chegarmos a um acordo.
Cheguei a um resultado que me pareceu vantajoso para a sua parte e aconselhei-o nesse sentido.
O senhor recusou e eu disse-lhe que, nesse processo, acabava aí a minha intervenção.
Se quiser tratar de alguma coisa comigo, tem de ir ao meu escritório porque eu não trato dos assuntos por mail.
Aliás, já estou a fazer mais do que devia porque não sei sequer com certeza quem é a pessoa que me está a enviar os mails.
 
Atenciosamente
Santana-Maia Leonardo
 
A seu bom timbre farsolante de vigarista, veio a fugir ao solicitado, ultrajante para a justiça e para a classe que representa: 
 
" Diz que lhe paguei, para me acompanhar num processo e que foi isso que fez, que de resto não havia sido notificado de mais nada"
 
Na verdade acompanhou-me uma vez, em que nada mais fez, do que me arrastar do tribunal, até ao seu escritório, afim de me cobrar os seus honorários, para defesa dos meus direitos, mas que se ficou por ai e por isso mesmo ( só pelo dinheiro), - em prejuizo do seu cliente, para servir a terceiros - agentes e funcionários do estado, que usurparam as suas funções e, para o que habilidosamente, como é de apanágio do sistema, lá deixaram prescrever o processo, a consentimento do advogado Santana Maia Leonardo, que do sistema faz parte, Cf. http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/despacho-de-evora-resposta-santana-2026
 
" Refere-se a um outro processo (pelo qual afirma, que não lhe paguei nada), em que o Santana Maia Leonardo se me ofereceu para trabalhar de borla e para o que veio a invocar em ter feito varias reuniões com as partes - como de resto se esclarece acerca da sua CUMPLICIDADE, indecentemente, Cf. http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/resposta-a-proposta-nojenta-compra-e-7283
 
Foram então várias reuniões, invocando o seu trabalho, num processo em que não lhe paguei nada, acedendo à sua oferta a custo zero, a titulo de bonus, por já me ter gamado em 2 processos. Lembrando que no processo em que me acompanhou e um outro, que se esqueceu de referir, e que de resto também lhe paguei, mas que apar do primeiro, também nada fez, para além de receber o dinheiro: Que perante a inercia do advogado Santana Maia Leonardo, que só trabalha quando não recebe pagamento, e da Procuradora-geral da Republica Joana Marques Vidal, que recebe salário e não trabalha, etc...), que para tanto o foi solicitada a intervenção, junto da casa da democracia, onde se fazem e aprovam as leis, cabendo ao Estado em vir assumir responsabilidades perante as ações ou omissões, por parte dos seus agentes e funcionários, que decorra do exercicio das suas funções (art. 22 CRP), Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/contestacao-7919
 
A 28 de Maio do ano 2014 , veio anunciar uma reunião para no dia seguinte a 29 de Maio, com os sócios da empresa, Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/email-28-de-maio-2014-jornal-da-ponte-13057
 

Perante o que lhe foi transmitido quanto aos procedimentos que se prendem com o facto de ter gravado as conversas, durante a invasão à minha residência, em que a Policia Judiciària, veio a roubar 3 computadores para me submeterem ao silêncio, mas que nada mais fez, do que se limitar em dizer: O senhor tem advogado pelo que se deve recusar a prestar declarações onde quer que seja sem a presença do seu advogado.

No que toca ao jornal " aponte " que o Santana Maia Leonardo o tanto se orgulha ao afirmar-se como seu fundador: Lamentando-se contudo o facto de não ter dado consentimento, ao pedido do seu cliente, afim de poder vir a dar uma entrevista a esse orgão de imprensa, por solicitação da parte do Senhor Bruno Guimarães, enquanto diretor do Jornal que invocou ter visto o blog, o que lhe despertou à atenção, e que de resto agora se encontra, bem mais, alargado: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/resolucao-de-contrato-por-alteracao-das-2265

A 24 de julho de 2014, isto é: 2 meses após a primeira reunião, e ao fim de várias reuniões, disse então o advogado que se ofereceu para trabalhar de borla: Relativamente ao processo 55/13.8GDABT, não sei a que processo se refere mas parece que o acusam de uma burla simples e que o MP pretende resolver a questão com uma injunção: pagar ao ofendido 1.000€. Não sei, no entanto, de que processo se trata pelo que não me posso nem pronunciar nem tenho informação suficiente para o aconselharhttp://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/moralmente-tem-razao-juridicamente-nao-7090

 

Afirma em desconhecer o processo, que de resto ainda que não tivesse conhecimento, mas sabia dos factos relacionados com as ocorrências.... que para tanto o ficou de resolver o contrato e que de resto o afirma em ter vindo a manter várias reuniões com os socios da empresa, mas que também nunca lhe falaram de nada, o que revela claramente a sua cumplicidade - pelo que se encontra por demais envolvido nesse processo criado astuciosamente, com segundas intenções, que para tanto o afirma ter feito várias reuniões: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/resolucao-de-contrato-por-alteracao-das-2265

 

O contrário é que não se verifica, como antes por demais se confirma, se principalmente não se tentar em descurar ainda o facto de ter mantido várias reuniões, com o senhor Zé das escadas e o filho, que também esteve la presente no tribunal, mas assistir, quando na verdade o deveria estar como arguido sentado ao lado do Santana Maia e da procuradora que deduziu a acusação e dos demais pobrezinhos de espirito, que sobre esse aspeto o email datado de 5 de Outubro de 2015, teve lugar, muito antes da farsa do julgamento, Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/burla-a-coberto-do-mp-de-abrantes-18541

 

Ao que se acrescem outros mais desprecavidos de consciência, a destacar o Messias botelho e a Madre Teresa de calcutá a Juiz Hélia Agostinho, a santa protetora dos indecentes, da libertinagem - http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/pois-na-verdade-a-acusacao-nao-passa-de-3585 - em que todos os advogados de Abrantes se recusaram a defender o cidadão Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva.

 

Veio então o Professor, apresentar-se ao estilo do Duarte, que bem insinado, também não sabia de nada, mas que afinal esteve por demais envolvido, assim como o Basilio e o Zé das escadas e companhia, em que todos eles, se revelaram em estar a padecer de uma grande crise de amnésia, bem representados no papel de arguidos ( que legalmente outro lugar nãos lhes cabia), que era nessas condições que se deveriam encontrar, mas que ainda assim, o foram bem compreendidos pela Juiz Hélia Agostinho, que sempre foi interrompendo as testemunhas a impedir que cocluissem os seus depoimentos ( para que não falassem a verdade), e pelo que usou para alibi do esquecimento -  foi à 3 anos faz muito tempo, pelo que se manteve sempre muito atenciosa a pactuar com a vigarisse, quando o Basílio la todo atrapalhado, recupera do estado amnésico e de repente o diz: Eu fui aqui chamado, retorquindo a Juiz, mas isso não interessa foi no inquérito, enfim!...

 
Matematicamente 3 mais 2 igual a 5, pelo que importa em questionar à quantos anos a Juiz Hélia Agostinho foi proclamada Juiz - porque com uma memória tão curta, revela ter esquecido o que aprendeu na universidade, que decerto não foi para proteger quem pratica ilicitos criminais em detrimento das suas presas das vitimas, Cf. 
 
 
E assim vai o presente submetido aos especiais cuidados da senhora Procuradora-Geral da Republica, a juntar aos autos ao abrigo do nº 1 do artigo 98 do CPP, na sequência de anterior requerimento datado de 15 de dezembro de 2016, Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/requerimento-a-pgr-10169 - Como de igual modo o vai submetido aos especiais cuidados do Senhor Juiz Presidente, do Supremo Tribunal de Justiça, na sequência do recurso então apresentado junto do doutor botelho, para os fins tidos por convenientes à defesa do arguido no profundo respeito pela legalidade democratica, então por demais violada até aqui, em meu detrimento, mas que a todos nos afeta - Estado os cidadãos e a sociedade. 
 
 
Senhor Santana Maia Leonardo este email foi enviado pelo seu cliente que tentou burlar - e que finge ter duvidas, quanto à origem do email, para o que me manda ir ao seu escritório, para não o ficarem registos de prova quanto aos seus comportamentos, pois bastaria um simples telefonema a esclarecer-se, o que não fez, porque não tinha duvidas, até porque basta verificar o que se retrata do email, no seguimento de outros procedimentos evasivos, que outros de pessoa de bem, não se verificam, da sua parte, sempre bem pelo contrário, Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/eu-e-os-meus-familiares-continuamos-a-724
 
 
E pelo que nessas circunstâncias, encontra-se o cidadão Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva, refém a mal e à força, aguardar por um adogado que se digne assinar o recurso e pedir a reabertura de instrução - quanto ao outro processo em que também recebeu os honórarios e nada mais do que isso fez.
 
Pede deferimento,
 
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva
 
 Ps. O presente já se encontra disponivél no blog http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/ a ser fortemente publicitado na Internet através das redes socias, a levar ao conhecimento de todos -  para o que se invoca o interesse publico, sendo a justiça administrada em nome do povo: https://www.facebook.com/anticorruptos/


Data: Mon, 26 Dec 2016 21:06:49 +0000
De: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
Assunto: VIOLOU O SEU CÓDIGO DE CONDUTA DE HONRA !
Cc: Apoio advogados <acessoaodireito@cg.oa.pt>, Ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>, "ADV.Ricardo Esteves" <rep.advogado@gmail.com>, Abrantes OA <abrantes@del.oa.pt>, PGR <mailpgr@pgr.pt>, procurador geral <mailpgr@pgr.pt>, gp_ps <gp_ps@ps.parlamento.pt>, gp_pp <gp_pp@pp.parlamento.pt>, gp_psd <gp_psd@psd.parlamento.pt>, Gp_pcp <gp_pcp@pcp.parlamento.pt>, "bloco.esquerda" <bloco.esquerda@be.parlamento.pt>, Partido Humanista <partidohumanista.portugal@gmail.com>, Assembleia republica <correio.geral@ar.parlamento.pt>, Combate a corrupção <info@inteli.pt>, "cons.geral" <cons.geral@cg.oa.pt>
 
----- Fim de mensagem reenviada -----

 

 ---- Mensagem encaminhada de Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt> -----

   Data: Thu, 1 Oct 2015 03:41:52 +0100
     De: Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt>
Assunto: Re: VIOLOU O SEU CÓDIGO DE CONDUTA DE HONRA !
   Para: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>

Boa tarde!
 
O senhor pagou-me para lhe tratar e o acompanhar num processo.
É isso que tenho feito. Não fui notificado de mais nada nesse processo.
Relativamente a um outro (pelo qual não me pagou nada), fiz várias reuniões consigo e com a outra parte com vista a chegarmos a um acordo.
Cheguei a um resultado que me pareceu vantajoso para a sua parte e aconselhei-o nesse sentido.
O senhor recusou e eu disse-lhe que, nesse processo, acabava aí a minha intervenção.
Se quiser tratar de alguma coisa comigo, tem de ir ao meu escritório porque eu não trato dos assuntos por mail.
Aliás, já estou a fazer mais do que devia porque não sei sequer com certeza quem é a pessoa que me está a enviar os mails.
 
Atenciosamente
Santana-Maia Leonardo

 

 

---- Mensagem encaminhada de "Raul M.Q.C.S.silva" <raulcaldeira@hotmail.com> -----

   Data: Mon, 28 Sep 2015 16:32:19 +0100
     De: "Raul M.Q.C.S.silva" <raulcaldeira@hotmail.com>
Assunto: EU E OS MEUS FAMILIARES  CONTINUAMOS A SER VITIMAS DO SISTEMA INQUISITÓRIO ( PERSEGUIÇÃO-TERRORISMO )
   Para: Santana-Maia Leonardo <sml@outlook.pt>
     Cc: santana-maia@outlook.pt, Santana-Maia <o_alentejo@live.com.pt>
 


Boa tarde!
 
Continua assumir um comportamento desviante-evasivo, o maior cego não é o que não vê, mas antes o que vendo não quer ver, mas viu o meu dinheiro?
 
É habito as pessoas procurarem-no para lhe dar dinheiro a troco de nada ?
 
O senhor é a favor da criminalização do enriquecimento (injustificado) ilícito?
 
A questão não esta nem deixa de estar em opiniões, eu paguei-lhe para vir a defender os meus legítimos interesses, não foi uma consulta jurídica , certo?
 
Se eu tornar os factos ao conhecimento publico, tem algo contra ?
 
 
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva

From: sml@outlook.pt
To: raulcaldeira@hotmail.com
Subject: Re: EU E OS MEUS FAMILIARES CONTINUAMOS A SER VITIMAS DO SISTEMA INQUISITÓRIO       ( PERSEGUIÇÃO-TERRORISMO )
Date: Mon, 28 Sep 2015 16:55:37 +0100


Boa tarde!
 
Não compreendo o seu teor do seu mail.
Não sei francamente a quem se está a referir quando fala na defesa da Regionalização, em António José Seguro, etc.
Quanto à minha relação consigo, ela é profissional pelo que devemos falar no escritório e não por mail.
E sobretudo não confundir o que é profissional com o que é pessoal.
Cada um tem direito a ter as suas opiniões, concordemos ou não concordemos com elas.
Quanto aos assuntos profissionais, eu dou-lhe a minha opinião e o senhor tem a liberdade de, caso não concorde com ela, de procurar outro advogado que ache que defende melhor os seus interesses.
 
Atenciosamente
Santana-Maia Leonardo
  
Sent: Monday, September 28, 2015 4:32 PM
Subject: EU E OS MEUS FAMILIARES CONTINUAMOS A SER VITIMAS DO SISTEMA INQUISITÓRIO ( PERSEGUIÇÃO-TERRORISMO )
 
Confesso-me, estupefacto - pela atenção que tem vindo a colher ( junto de tantos e tão ilustres figuras), do norte ao sul do país - com o lançamento do seu livro: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/ilustres-convidados-que-estiveram-28519

De facto, tem arrastado gentes e gente notável, ao longo da sua " tournée " ( por onde vai passando), a cantarolar como rouxinol, aos saltinhos de um lado para o outro, em defesa de interesses obscuros, que sofreram um rude golpe ( com a saída do tribunal de Abrantes).


A consequente saída do tribunal  e a criação do portal do ministério da justiça (Citius) , desagradaram-no, pelo que veio a entrar, em rotura com a ministra da justiça e consequentemente -  de birra, rompeu com o (PSD). Piscando logo o olho ao (PS) de António José Seguro, que dizia que quando fosse primeiro-ministro, trazia os tribunais de volta. Mas a volta levou-a ele, com a " traição" do António costa, que o senhor condenou. Pelo que  gorado o sonho do regresso do tacho, pela  via (PS).  Ainda assim, não baixou os braços, pelo que agora à deriva - questiona acerca da qualidade da democracia nos últimos ( 30 ) trinta anos: e assim, com um ar de Gonçalves - apresenta-se de momento, como grande defensor da regionalização, a correr como um louco - Apelar nos jornais, nas redes sociais, em particular no (https://www.facebook.com/santanamaia.leonardo )

Na verdade, através da regionalização - visa abrir caminho, para trazer de volta  - o manjar dos deuses, ou seja, o regresso da "Camorra" Abrantes - e  por outros interesses,  que possam vir a fluir, através de um qualquer cargo político - São esses os objectivos, que o conduziram a saltar para a praça publica - Sendo que no que toca ao segundo aspecto: a um termo futebolístico - o senhor já mais parece um jogador de futebol (em fim de carreira) - arrastar-se a  todo custo, de um lado para o outro à procura de clube. Acenando agora ao partido comunista, pelo que já tanto importa - esquerda ou direita, tanto faz  (ideologias partidárias à parte), o que importa mesmo, é ser rabiscado, por um qualquer - pelo que soube escolher bem o tema (regionalização), mas o seu percurso esta a chegar ao fim, não vai ter êxito, termina aqui - entendo ser este o momento exacto, para o vir a desmascarar.
 
A regionalização, na sua perspectiva: é como a ponte do Tramagal:  que por altura das eleições, da sempre muito jeito a certos filhas da mãe, em vir a invocar a sua edificação -  mas terminada a caça ao voto ( aos interesses ), tal como se expressa no seu manifesto - tudo na mesma como a lesma, de boas intenções esta o inferno cheio, a verdade crua e nua - pelo que vamos lá então à verdade - crua e nua : http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/4120.html - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Perante essa panóplia, veio a responder-me, ou melhor: a ofender-me, como se constata do seu e-mail (...) - Isso não são coisas que um advogado diga: aquém se empenhou a pagar-lhe os seus honorários  - Até porque Já-mais, procuraria, os serviços de um advogado, para me livrar de qualquer multa ou penhora ( ou fosse la do que fosse), e muito menos, para  me vir a dizer - que todos nós sabemos que a justiça funciona mal -  em que até aos profissionais da área, a todos os enxovalha - O que se torna muito grave , se principalmente não se tentar em descurar, que o senhor é jurista (um profissional da advocacia ), no caso -  o delegado da Ordem dos advogados de Abrantes, supostamente, com responsabilidades - ainda mais acrescidas: http://www.oa.pt/Conteudos/Artigos  /detalhe_artigo.aspx?idc=30819&idsc=1244&ida=61807 -  Como ficamos, doutor Santana Maia Leonardo ?

Expressa ainda (...) - No crime são necessárias certezas - referindo-se ao outro processo, ou seja, à queixa apresentada, contra esses  mesmos serviços do (MP), pelo que a  relação de Évora ( erradamente, contra a lei e o direito), vieram a proferir despacho de arquivamento - e o senhor recusou-se a pedir a reabertura de instrução (...) Não colaborou com a justiça,  porque faz parte do sistema - do que resulta a pratica dos  crimes de tráfico de influências ( p.p.º  no artº. 355) - e consequente denegação de justiça e prevaricação  p.pº  no artº. 369 ambos do (CP) - prevalecendo o segundo sobre o primeiro, e saindo agravado  - senão se tentar olvidar os estatutos de que os visados dispõem  - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

( https://www.youtube.com/watch?t=582&v=bDUksiLVqpw ) Como se confirma da gravação, alertei o oficial de justiça para o facto dos visados nem sequer terem vindo apresentar queixa por difamação  - Pelo que logo de imediato, surgiram quatro queixosos (4), e consequentemente (lhttp://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.html ) - É de bradar aos céus, de arrepio, sem escrúpulos - São suposições doutor Santana Maia Leonardo?

Ainda assim, não se ficaram por ai nem por isso mesmo: pelo que com contornos de vinganças – vieram a enviar-me as respetivas guias, para  que viesse a proceder ao seu pagamento (...), porque os senhores magistrados junto da relação de Évora - não tiveram a coragem suficiente,  para descolar dos seus colegas de Abrantes -  pelo que o tráfico de influências continua a verificar-se  -  Ilegal é as vitimas, apresentar queixa  - contra agentes e funcionários do estado - a lei da rolha, é comer e calar, se não quiser sofrer mais represálias - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Como não paguei, nem propus em vir a fazê-lo - Consequentemente, como na gíria popular, se ousa em dizer: não vai a bem vai a mal - pelo que o clima de vingança continua e tenho mesmo de ser sacado, pela força dos tiranos - Que para tal, fui recentemente, interceptado na via publica, junto ao posto de abastecimento REPSOL, na  Estrada  Nacional 118 , em zona bem movimentada , para gerar juízos de desvalore - o normal funcionamento do sistema, para ludibriar as pessoas a leva-las ao engano, a meu respeito e dos meus familiares.

Fui então abordado por um elemento da (GNR), que me veio a questionar: sobre os bens de minha pertença, mas não me foi entregue qualquer cópia dos autos, apesar de a ter solicitado, mas o  guarda Matos, retorquiu - dizendo que nestes casos, não tem direito à cópia enfim (!...) - Pelo que ficou por isso mesmo  - encontrando-me de momento, aguardar,  pelo regresso do oficial de justiça João Branco,  acompanhado, dos elementos da (GNR) – Como se da reconstituição do crime se venha a tratar http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Novo ataque, esta iminente - na vila e freguesia do Tramagal, Concelho de Abrantes sobre a presidência da cacique do (PS) Maria do Céu Albuquerque (  http://corruptos.blogs.sapo.pt/1033.html ), Como assim veio a ser apadrinhada pelo doutor Santana Maia Leonardo, que agora se apresenta como advogado de defesa da senhora, pelo que fico feliz, por terem melhorado nas vossas relações pessoais  - mas eu não lhe paguei, para vir a defender a sua afilhada, que já mais parece a dona disto tudo, depois de tantas batalhas políticas, conseguiu dominar o adversário e fazer do padrinho, tão seu fervoroso defensor - a ponto de o doutor Santana Maia Leonardo, completamente caído, como se de uma grande paixão se trata-se – Violou o seu código de conduta de honra - pelo que a senhora bastonária da Ordem dos advogados,  certamente que não vai deixar de avaliar acerca dos factos, até porque quantas mais não fez ao longo da sua vida a quantos mais não prejudicou  - De salientar, que a doutora Elina fraga, marcou presença como oradora, no lançamento do seu livro (…), tal como outros ilustres destacados que tem vindo atrair, pelas localidades por onde vai passando , apregoar a regionalização, com o faro, bem aguçado, no sentido dos tachos - porque o contrário é que não se afigura - São suposições doutor Santana Maia Leonardo?

Contestei e  até solicitei a intervenção por parte da senhora ministra da justiça e outras edilidades  - Como se confirma através dos endereços de correio electrónico (http://corruptos.blogs.sapo.pt/1033.html ), mas o senhor oficial de justiça João Branco  -  declarou que o meio de transporte da contestação, não o era válido, e declarou também, que foi o Raul Caldeira quem foi identificado na posse da maquina, o que é categoricamente desmascarado, dado o facto do Comandante do Posto da Guarda Nacional Republicana Manuel Liberato Anjos Pita ter identificado o responsável pela maquina o senhor Miguel que de resto tudo pareceu normal, uma vez que até se encontraram a falar, na cabine do (DJ) a sós em particular não me pareceu que algo de errado se tenha passado, o que se torna completamente anormal, com segundas intenções, me tenham vindo a ser imputadas as responsabilidades o que nunca poderia ter acontecido (   http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ )                      
Mas ainda que assim o fosse -  então como gente civilizada ( como manda da lei), cabia.lhe - em vir a informar sobre quais os meios de transporte legais a poder utilizar, se via CTT, fax,  ou de burro, à antiga portuguesa, que tantas saudades lhes causam, esses  tempos à moda antiga -  em que não havia  Internet - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Salvo devido respeito e melhor opinião: Veio então actuar em forma de " gangster ", fazendo-se acompanhar por dois " capangas "- ao serviço da (GNR), e juntos em união de esforços, passaram ao ataque, em forma de " gangue ", pelo que voltei, apelar a intervenção por parte da senhora ministra -  merendo a sua atenção:http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?
 
O processo foi deixado prescrever de forma astuciosa - Com o consentimento  do suposto advogado que contratei e a quem  paguei, para defesa dos meus direitos, mas que não fez uma única diligência, sempre se recusou a colaborar com a justiça - limitando-se a tratar-me como um pobre ignorante - beneficiando a terceiros agentes e funcionários do estado - o que fez de forma bem consciente - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Perante essa panóplia: as suas duvidas ou incertezas (...), são as minhas certezas, pelo que não me restam quais-queres duvidas: de que deve vir a ser expulso da Ordem dos advogados, com imediata cessação da licença, e muito mal seria, se tal condição não se viesse a verificar, considerando os deveres de conduta a que os advogados se encontram sujeitos:  http://www.oa.pt/Conteudos/Artigos/detalhe_artigo.aspx?idc=30lém 819&idsc=1244&ida=61807,

Santana Maia Leonardo, no seu manifesto, concluindo, diz: Somos um pequeno país cuja organização política e administrativa, para além de o tornar ainda mais pequeno, torna-nos mais pequeninos porque promove e fomenta a corrupção, a inveja, a mediocridade e o caciquismo - apresentando-se armado em " MESSIAS" - Vindo para nos salvar, do flagelo, que se tornou numa terrível epidemia, que nos corrói a alma e destrói a economia -   O senhor é lobo escondido com o rabo de fora - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

No segundo parágrafo do manifesto: refere que o art. 13 da (CRP), nº 1º: declara que todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei - Condição, que na pratica não o é bem assim ( como o doutor Santana Maia Leonardo, o sabe e muito bem) - depende do freguês - dois pesos e duas medidas, conforme se confirma dos critérios do procurador, e da pobreza de espírito, do doutor Santana Maia Leonardo etc (...): Ihttp://perseguicaoterrorismo.blogs.sapo.pt/2288.html )- São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

De facto à luz da Constituição, os cidadãos têm todos a mesma dignidade social e são iguais perante a lei - mas o problema não esta na lei, mas antes nos operacionais em torno das coisas da justiça - em particular aqueles que a fiscalizam e executam - fazendo dessa mesma, letra morta, senão vejamos, um outro processo, que envolve esse mesmo procurador - Hélder  Cordeiro e outros demais magistrados, por arrasto etc (...): http://terremotonajustica.blogs.sapo.pt/745.html ) - São suposições doutor Santana Maia Leonardo?

Considerando, o disposto, no nº5 do art.º 29 da (CRP) - Ninguém pode ser julgado, mais do que uma vez, pela prática do mesmo crime - sendo que no caso, fui por (2) duas vezes - e já ia para uma terceira vazada , senão me tivesse erguido contra essa teia com praticas de terrorismo – atuar em roda livre, impunemente - São  suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Artigo 20 nº 1 da (CRP) - A todos é assegurado o acesso ao direito e aos tribunais, para defesa dos seus direitos e interesses legalmente protegidos, não podendo a justiça ser denegada por insuficiência de meios económicos - DIZ A LEI - mas o que impera não é a legalidade democrática, mas antes - o sistema corrupto e mafioso, que a todos nos atormenta  - lembrando que os " Jihadistas " são corruptos e, se não se vamos a eles, somos sacados, presos, enxovalhados, espancados, torturados, submetidos à miséria e à morte, enfim (!...), Pelo que a par dos migrantes e refugiados, meio milhão de cidadãos, houve - que tiveram de abandonar o país, pelo que as diferenças entre uns e outros - em comum são corruptos – as consequências são as mesmas ,  os jiadistas cobrem o rosto , em democracia é com e sem à cara podrehttp://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ -  São suposições  doutor Santana Maia Leonardo ?

Artigo 21 da (CRP)  -  Todos tem o direito de resistir contra qualquer ordem que ofenda os seus direitos, liberdades e garantias e de repelir pela força  qualquer agressão, quando não seja possível, recorrer à autoridade publica: http://corruptos.blogs.sapo.pt/487.html - Quais são os bons ou quem são os maus,  afinal aquém os cidadãos se encontram entregues, quem nos defende, onde se encontram essas pessoas -  qual a porta onde havemos de bater ?????
Repare-se, que alertei para o facto de continuarem atormentar os meus familiares, chamando uma vez mais à atenção: quanto ao estado de saúde de alguns membros da família, em particular - o caso da minha progenitora http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ ), como aliás o venho a fazer, à já mais de (2) duas décadas –  E ainda assim, voltaram a violar o meu domicilio e como senão bastasse o dos meus familiares, aos dias (9) de Maio do ano de 2012,  (http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.html)  - Contra humildes cidadãos, gente civilizada - que no seu quotidiano , preza pelas suas relações perante os outros  e a sociedade em geral - Gente com carácter,  ao contrário desses pobrezinhos de espírito de que o doutor Santana Maia Leonardo, faz parte, e que há  justiça cabe responsabilizar, mas que de à muito - peca por tardio - e não se a vista a hora da cerimónia ( ...) - Porquê doutor Santana Maia Leonardo?
Entre a data das ocorrências (9) de Maio, até à presente - já decorreram mais de (27) vinte e sete meses. O  que em nada abona, a favor da tão proclamada maior celeridade processual - e até porque sentindo-se os  queixosos, tão enxovalhados,  no seu bom nome imagem e reputação - Não esquecendo ainda, os estatutos de que os mesmos  dispõem -, como é que ainda assim, não veio a surgir o despacho por parte da Procuradoria--Geral da República (  http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.html) - Porquê doutor Santana Maia Leonardo ?

Pois na verdade, enquanto o despacho não surge,  vão-me mantendo com termo de identidade (TIR), no sentido de me fazer permanecer em silêncio (a mal e à força), com nova ameaça iminente (como acima se confirma), pelo que espero que não venham com mais represálias  em particular, contra os meus familiares, até porque o estado de saúde da minha progenitora inspira alguns cuidados, pelo que chega de terror (causando medo) - sendo que tais condições estiveram sob controle do doutor Santana Maia Leonardo - conforme disponho de gravação de vozes, além dos e-mails, a solicitar a sua intervenção junto da justiça ( nomeadamente da procuradora) - pelo que as suas respostas, são todas elas  evasivas (muito escabrosas) – revertendo a favor do sistema, que muitos teimam em manter, como é o caso do doutor Santana Maia Leonardo,  mas que habilidosamente se demonstra, contra a corrupção, a inveja, a mediocridade e o caciquismo - porque sabe o quanto o povo, sequer livrar desses vermes, sabe bem o que aos cidadãos afeta, e por isso se apresenta contra essas praticas - para desperta as suas atenções e consequentemente,  adquirir alguma notoriedade publica  - porque dela necessita, para tentar alcançar os objectivos a que se propõe - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Ainda que as coisas não se ficam por ai, ou não tenham vindo os inspectores da (PJ) apresentar queixa: originando um outro processo nº 55/ 13 TAABT pelo facto de ter gravado o diálogo mantido, no decorrer das buscas, - que fizeram na minha residência, no meu espaço reservado, intimo e familiar, contra a própria vontade - pelo que violaram os domicílios  mantendo-nos  sob sequestro e roubaram (3) três computadores  - Tudo dentro da legalidade, dizem : http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.html - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?
Como se ainda não basta-se, vim novamente a ser notificado - afim de prestar declarações, perante os serviços do (MP), tal como lhe transmiti acerca do comportamento da procuradora (...) - Pelo que uma vez mais, para não desgraduar da regra, voltou a evadir-se de responsabilidades  (...) - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

Como sempre, para não fugir à regra: a sua resposta é evasiva e ofensiva, mas não se ficou ainda por ai (e por isso mesmo) - conforme, se extrai do seu e-mail (...) - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?      

No que toca ao terreno, eu questione: acerca do e-mail (…), que me veio dirigido pelo jornal de Ponte de Sôr, como se extrai  da sua parte final  - e o senhor respondeu que vai ter uma reunião  ? - São suposições doutor Santana Maia Leonardo?

Pois na verdade, voltou assumir, um comportamento desviante, fugindo ao solicitado - Sendo esse, mais um outro processo, em que sempre agiu de ma-fé -  tantos são os e-mails (...) e as gravações ao dialogo mantido - Quando para mais, fui eu, que tive de me esforçar, para conseguir resolver a situação, contra a sua própria vontade, o que o veio a deixar, bastante irritado: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/  - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?

O doutor Santana Maia Leonardo: só protege corruptos, invejosos, gente medíocre – ervas daninhas que nunca deveriam ter nascido - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?


O estado a que chegámos, em que a Secção de  Combate à Corrupção à Fraude e a Evasão Fiscal da Policia Judiciaria: ao invés das obrigações a que se encontram sujeitos, vieram agir num clima de vingança ( em defesa de agentes e funcionários do estado - corruptos -   Com o sentido bem definido, de me virem a submeter ao silêncio, que para tanto, até levaram  (3) três computadores, sob a falsa argumentação de ser para fins de investigação - quando para mais, os blogs e o site, se encontram disponíveis on-line, por demais investigados pelos serviços do (MP), em particular a Procuradoria Geral da Republicas: http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.htm
 - São suposições doutor Santana Maia Leonardo ?


Pois na verdade, o processo da penhora prescreveu para proteger os agentes e funcionários do estado, os corruptos do sistema ( http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/ , e o processo 595/12 TAABT,  vislumbra-se o mesmo destino (a prescrição), quando para mais me encontro constituído arguido com termo de identidade e residência (TIR) - desde  09 de Maio de 2012 - concluindo  28 messes no próximo dia 09 de Outubro, aguardar pelo desfecho o despacho http://outroladodalei.blogs.sapo.pt/1947.htm - Como ficamos doutor Santana Maia Leonardo ?

https://www.facebook.com/anticorruptos
 
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva

 

Militares da GNR em prisão preventiva

 

http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/militares_da_gnr_em_prisao_preventiva

 

SAIU UM ENTROU OUTRO, DE MAL A PIOR - SÓ MUDAM AS MOSCAS !

 

 

http://elvasnews.com/novo-comandante-da-gnr-de-portalegre-recebido-por-nuno-mocinha/

 

TENHAM O DESGOSTO DE CONHECER O ANTIGO AJUDANTE O BRAÇO DIREITO DO AGORA COMANDANTE DA (GNR) DE PORTALEGRE: http://www.cmjornal.pt/portugal/imprimir/gnr-abusou-de-duas-irmas

 

AINDA CRIA MAMA http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/tribunal_expulsa_pedofilo_da_gnr

 

COISAS ENTRE AMIGOS EM UNIÃO DE ESFORÇOS http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/716.html

 

ANTONIO SOARES GARRINHAS ERA COMANDANTE DO POSTO DA (GNR) DE ABRANTES E O COMANDANTE TERRITORIAL ERA O AGORA COMANDANTE DA GUARDA EM PORTALEGRE -  OS DONOS DISTO TUDO - MENOS DO BAR "ÀS DE COPAS "

LAMENTA-SE QUE A ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA NÃO O TENHAM AINDA USADO, DO MESMO ZELO - COMO FIZERAM COM O AMIGO DO COMANDANTE DE PORTALEGRE  http://www.cmjornal.pt/portugal/imprimir/pedida-expulsao-de-sargento-pedofilo

 

CAPÍTULO VI Dos crimes contra a honra Artigo 180º Difamação 1 - Quem, dirigindo-se a terceiro, imputar a outra pessoa, mesmo sob a forma de suspeita, um facto, ou formular sobre ela um juízo, ofensivos da sua honra ou consideração, ou reproduzir uma tal imputação ou juízo, é punido com pena de prisão até 6 meses ou com pena de multa até 240 dias. 2 - A conduta não é punível quando: a) A imputação for feita para realizar interesses legítimos; e b) O agente provar a verdade da mesma imputação ou tiver tido fundamento sério para, em boa fé, a reputar verdadeira: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/requerimento-a-pgr-10169

 

CÃO IMPACIENTE AGUARDA POR UM DONO - POR IMPOSIÇÃO DO Nº1 ARTIGO 64 CPP !

CÃO GIPS .jpg

 ----- Mensagem encaminhada de Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt> -----

   Data: Sun, 18 Dec 2016 21:19:44 +0000
     De: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
Assunto: BOAS FESTAS
   Para: Gnr Portalegre <ct.ptg.dptg@gnr.pt>
     Cc: "Adm. segurança" <gcs@sg.mai.gov.pt>, apoio <apoio@mj.gov.pt>

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 





   Data: Thu, 15 Dec 2016 13:53:58 +0000
     De: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
Assunto: SEM ACESSO AO DIREITO E AOS TRIBUNAIS - PERSEGUIDO POR SE DEFENDER
   Para: jbotelhop@gmail.com
     Cc: santana-maia@outlook.pt, Apoio advogados <acessoaodireito@cg.oa.pt>, 1º ministro1 <seamaap@maap.gov.pt>, Ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>, gp_ps <gp_ps@ps.parlamento.pt>, gp_pp <gp_pp@pp.parlamento.pt>, gp_psd <gp_psd@psd.parlamento.pt>, Gp_pcp <gp_pcp@pcp.parlamento.pt>, "bloco.esquerda" <bloco.esquerda@be.parlamento.pt>, Junta Tramagal <freguesiatramagal@gmail.com>, ministerio justiça1 <correio@sg.mj.pt>

A CORRUPÇÃO COMBATE-SE DENUNCIANDO OS VERMES !...


De: Joao Botelho <jbotelhop@gmail.com>

Enviado: 29 de novembro de 2016 10:05

Para: Raul M.Q.C.S.silva
Assunto: Recurso



VIGARISTA LICENCIADO, DESMASCARADO!...
Rua D. João Castro 43-r/c-D, Entroncamento
2330-138 ENTRONCAMENTO
249 717 316
249 718 553

RESPOSTA AO DOUTOR BOTELHO SEGUIU PARA A PGR!...

http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/requerimento-a-pgr-10169

VENHA EM DEFESA DA HONRA - NO SEU LUGAR PROCEDIA JUDICIALMENTE, MAS ISSO É PARA QUEM TEM DIGNIDADE!...

Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva


----- Fim de mensagem reenviada -----


REQUERIMENTO À PGR

por CORRUPTOS, em 15.12.16


Data: Thu, 15 Dec 2016 01:32:45 +0000
De: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
Assunto: Pedido de nomeação de defensor, por imposição do nº1 do artigo 64 do CPP
Para: "mp.abrantes.tc" <mp.abrantes.tc@tribunais.org.pt>
     Cc: PGR <mailpgr@pgr.pt>, Ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>

 

Aos especiais cuidados da senhora Procuradora Geral da Republica

 

Senhora procuradora Joana Marques Vidal

 

Proc. 55/13.8 GDABT

Proc. NUIPC 595/12.6 TAABT

Assunto: Pedido de nomeação de defensor, por imposição do nº1 do artigo 64 do CPP


Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva. Mais bem identificado nos autos à margem indicados, vêm muito respeitosamente a solicitar a nomeação de um advogado, que se digne subscrever o recurso do arguido, dado que o Dtº. Botelho se recusa em fazê-lo, com segundas intenções, para o que se passa atestar sobre a gravidade das circunstâncias, em que um humilde cidadão se encontra a mal e à força (da tirania), a ser roubado e condenado, com carácter de vinganças, ajuste de contas, por não se calar - refém a mal e à força, às mãos de um advogado: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/botelho-chama-ao-escritorio-9675

A condenação a 1 ano de prisão efectiva, teve por finalidade, parar o arguido de denunciar, agentes e funcionários do Estado, como sempre e de à muitos anos o vêm a fazer, mesmo contra a perseguição que lhe é movida, para se submeter ao silêncio, Cf http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/despacho-de-evora-resposta-santana-2026

Seguindo-se as habituais retaliações, que para silenciarem o denunciante queixoso, vieram astuciosamente, a roubar (3) três computadores e, pelo que o arguido se encontra acusado por 12 crimes de difamação, que de resto, foi pedida a intervenção, junto dos senhores agentes políticos, por falência dos Órgãos principais da justiça, enquanto mais garante do Estado de Direito Democrático: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/contestacao-7919

Pois na verdade o cumprimento da pena de prisão efectiva, tinha caído no recurso para à relação, caso o arguido pára-se de denunciar publicamente em blogues na Internet, a publicitar através das redes sociais, que para tanto o arguido o foi chamado ao escritório do doutor Botelho, a 11 de Maio de 2016 - como então se retrata no ponto 14: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/doutor-botelho-do-entroncamento-foi-a-6254

O período de 1 ano de encarceramento, desaparecia ai no recurso, mas como o arguido não se calou, não parou de denunciar os factos, que para tanto o veio agora a relação a confirmar o comprimento da pena em prisão efectiva, justificando a sua decisão, afirmando que o arguido, não admite aceitar as condenações (arbitrárias), que o atiraram 9 anos para trás das grades (estando a pena cumprida e extinta à vários anos), pelo que o explanado nas (2) duas únicas folhas do acórdão enviadas astuciosamente pelo doutor Botelho,

raul acordão-page-001.jpg

 

raul acordão-page-002.jpg

 Desconhecendo o arguido o resto do acórdão, para que não o ficasse a saber que o recurso que entrou foi mesmo o do doutor Botelho: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/recurso-dro-botelho-5932

Confirmando-se de resto o que já se sabia, que para tanto foi apresentada queixa junto da Procuradoria-Geral da Republica, apelar aos especiais cuidados da procuradora Joana Marques Vidal, o que teve lugar a 13 de Junho de 2016: http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/denuncia-e-queixa-6407

Perante a gravidade das circunstâncias, ainda assim, contra a vontade expressa do arguido, veio a manter-se, esse mesmo advogado no processo, e pelo que voltou a requisitar a presença do arguido no seu escritório, para o chantagear quanto ao processo pelo qual o arguido se encontra acusado, por 12 crimes por difamação, que de resto o também aqui se requer a nomeação de um advogado nos termos e pelos seguintes fundamentos:http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/8864.html

O ora peticionante solicita para que venha a ser nomeado um só advogado para ambos os processos, e pelo que teme pela sua liberdade e segurança, por não se calar.

Pede deferimento, 

Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva



---- Fim de mensagem reenviada -----

 

De: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
Data: Qui, 15 Dez 2016 (01:32:45 WEST)
Para: mp.abrantes.tc <mp.abrantes.tc@tribunais.org.pt>
Cc: PGR <mailpgr@pgr.pt>, Ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>
Bcc: Apoio advogados <acessoaodireito@cg.oa.pt>, Conselho superior juizes <csm@csm.org.pt>, conselhos de ministros <sec-geral@pcm.gov.pt>, cons.geral <cons.geral@cg.oa.pt>, ordem advo <cdlisboa@cdl.oa.pt>, Adv DH <com.direitoshumanos@cg.oa.pt>, ADV.Ricardo Esteves <rep.advogado@gmail.com>, santana-maia@outlook.pt, jbotelhop@gmail.com, Abrantes tribunal <abrantes.ministeriopublico@tribunais.org.pt>

 

 

 

 

 

 

 

 


----- Mensagem encaminhada de Joao Botelho <jbotelhop@gmail.com> -----
   Data: Tue, 13 Dec 2016 09:39:07 +0000
     De: Joao Botelho <jbotelhop@gmail.com>
Assunto: Re: URGENTE VITIMA DE TERRORISMO DE ESTADO À 21 ANO PEDE SOCORRO!...
   Para: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>

 

Bom dia senhor Raul

Solicitei a sua presença no meu escritório afim de resolver mos o problema conjuntamente .
Infelizmente o senhor tomou sozinho  a atitude que achou melhor para os seus interesses .
Mais informe que so hoje me respondeu ao mail de 25/11/2016.
Se quiser passe por aqui pelo meu escritório  e estou disponível para o ajudar em tudo o que for preciso
Não gostei do que escreveu no seu blogue a meu respeito  e se tivesse tido conhecimento dos seus ditos ja teria pedido escusa  .
Irei agora apresentar a renuncia agora  o que lhe dará tempo  para agir .
 
Cumprimentos
 
joao botelho

 
- Diz que solicitou a minha presença no seu escritório, afim de resolver problemas conjuntamente?
 
Quando interpôs o recurso à relação também solicitou a minha presença no seu escritório para resolvemos conjuntamente, pelo que não se venha a fazer de cordeirinho ( vitima), dizendo que se tivesse tido conhecimento dos meus ditos, ora o dito pelo não dito essas pessoas chamam-se Santana Maia e doutor botelho ( não Raul Caldeira) e demais envolvidos no processo, como se confirma das gravações de viva voz, em que os próprios que criaram a acusação a destronaram num mar de mentiras com depoimentos evasivos, cheios de contradições, não deixando espaço à alteração quanto aos marcos para o que veio o Messias do Entroncamento, agir como judas contra o arguido, em que até andou a cortar o mato, esquecendo a prova da verdade material, Cf: http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/processo-55-8-gdabt-recurso-ao-supremo-8744
 
O dito pelo não dito dos advogados em causa, esta à vista, os factos são palpavéis, indesmentivéis, e pelo que só énviou as 2 ultimas folhas do acordão e me convidou para o seu escritório, para me coagir aceitar responsabilidades por 9 anos que passei na cadeia, a troco de me ser retirado 1 ano de prisão efetiva, para que não o possam vir a ser assacadas as responsabilidades aos culpados, sendo que me encontro acusado por 12 crimes por difamação, quando na verdade eu é que sou o difamado, e que para tanto paguei ao Santana Maia Leonardo para me defender desses pobrezinhos de espirito, prepotentes e perigosos (que me querem calar a mal e à força da tirania), mas esse infeliz, como sempre veio assumir uma conduta repugnante, dado que me cobrou os seus honórários mas nada mais fez do que pactuar com o MP e demais (...), que para tanto, em nada intercedeu para defesa dos legitimos interesses do seu cliente, que lhe pagou, e tantas vezes lhe pediu, para agir, a ponto de ter de exigir perante a paralisia desse que tanto se intitula de homem de consciência, ilustre sábio, vindo de honrosas famílias, um charlatão da advocacia, que a toda a classe enxovalha, Cf. http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/2-anos-sem-entregar-os-computadores-4436
 
Nada fez para alẽm de me comer o dinheiro, mas não se fica ainda por ai, a conduta mediocre, desse mesmo advogado Santana Maia Leonardo, que declara que a justiça funciona mal, admitindo tal condição como o sendo do conhecimento de todos em geral ( ainda diz algumas verdades), mas que uma vez mais o veio assumir uma conduta moralmente censuravél e criminalmente punido por lei, ofendendo ao seu cliente, magistrados e magistraturas , colocando-se ao lado de quem a todos os profissionais enxovalha  - que para tanto se limitou abençoar a prescrição astuciosa, para se livrarem das suas práticas, anormais e ilegais, Cf. http://solidariedade-impunes.blogs.sapo.pt/despacho-de-evora-resposta-santana-2026
 
E diz o doutor botelho: Se quiser passe por aqui pelo meu escritório, estou disponível para o ajudar em tudo o que for preciso, logo a seguir diz que vai apresentar escusa.
 
Primeiro prejudicou, agora oferece ajuda?
 
Tome atenção aos prazos, venha cumprir com os seus deveres, ao invés do que tem vindo a fazer, e assim aguardo por noticias suas, refém a mal e à força -  às mãos do doutor botelho, entregue à minha própria sorte, indefeso por imposição do disposto no nº 1 do artigo 64.
 
O que preciso é que subscreva o recurso, mas isso o doutor botelho não pretende fazer, que para tanto pretendia que fosse ao seu escritório, em contrário vai apresentar escusa, - pelo que espéro que venha a sofrer as consequências, não merece exercer advocacia, deve ser irradiado, e muito mal andaria a Ordem se assim não viesse acontecer.
 
Sou obrigado à assistência por advogado, mas também aqui não surge, pelo que o cabe também em tornar ao conhecimento do Senhor Bastonário da Ordem dos advogados, Cf. http://atoscorruptos.blogs.sapo.pt/8864.html
 
Saia em defesa da honra, não admito que enxovalhem o meu bom nome!...
 
A juntar aos autos ao abrigo do nº1 do artigo 98 do CPP.
 
Pede deferimento,
 
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva
 
O presente já se encontra a ser tornado ao conhecimento publico - através das redes sociais: https://www.facebook.com/anticorruptos/
 
 
 ----- Mensagem encaminhada de Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt> -----
   Data: Tue, 13 Dec 2016 20:43:27 +0000
     De: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
Assunto: a lei obriga a ser assistido por advogado, mas advogados fogem
   Para: Joao Botelho <jbotelhop@gmail.com>
     Cc: Apoio advogados <acessoaodireito@cg.oa.pt>, Ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Favoritos