Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

FIM da Trafulhice

Pelo exposto ao longo do presente documento -- Chega de fabricar crimes na secretaria - que para acabar com tais propósitos, a gravação de imagem e som é o remédio certo - complementado com o crime de enriquecimento inj.

 

 

santana_maia-leonardo_tomada-posse-Ordem-Advogados 

RETRO ESCAVADORA.jpeg

- ÁS RESPONSABILIDADES DA GNR E DO MINISTÉRIO PUBLICO DE PONTE DE SÓR -

 
Data: Sat, 18 May 2013 03:10:14 +0100

De: Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva <raulcaldeira@sapo.pt>
Assunto: FALTA DE APLICAÇÃO-FISCALIZAÇÃO DA PROVIDÊNCIA CAUTELAR !!!
Para: Gnr Ponte sor <ct.ptg.dpsr.psr@gnr.pt>
 

Cc: Tribunal <pontesor.tc@tribunais.org.pt>, PGR <mailpgr@pgr.pt>

 

Quanto ao roubo dos pinheiros que lhe transmiti directamente no posto na Quarta-feira 15-05-2013: http://www.youtube.com/watch?v=Iw6eeuX3OiY e na sequência das nossas conversas por telefone,  na Quinta-feira :  http://www.youtube.com/watch?v=Qg7e469dUqk Passo então apresentar queixa, contra desconhecidos, mas tendo como principais suspeitos os indivíduos  contra quem apresentei a providência cautelar, que as autoridades não foram capazes de fazer cumprir, pelo que vieram a diligenciar junto do posto da GNR do Tramagal, que me vieram a notificar: de que não foi possível identificar os suspeitos (recusei assinar sendo notificado verbalmente, sem direito a notificação escrita - por não aceitar A FALSIDADE das autoridades)

PROCESSO 55-13 RECUSA ASSINAR 002.jpg

 
 
 
Salvo o devido respeito e melhor opinião  - não corresponde à verdade - basta para tal, verificar a providência cautelar recebida na morada dos visados conforme se extrai dos avisos de recepção:   http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/625.html
 
Posteriormente vim apresentar queixa no posto do Tramagal acerca do roubo da cortiça de um sobreiro e dos factos relacionados com o tractor, e sobre a providência cautelar: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/1258.html
 
Repare-se que a v/comunicação foi efectuada aquela data: ( 10-04-2013 ) e logo a seguir de acordo com a minha queixa: ( 23-04-2013 ), torna-se assim muito duvidoso, em ter vindo a surgir de imediato, o roubo ou furto dos pinheiros, que a Guarda não se apercebeu, pelo que desconhecem quem são os seus autores e nem se vislumbra que haja vontade de se investigar acerca da sua identidade. 
 
Se o Senhor tem a investigação a seus cuidados e disse que ia ao MP. por causa da providência cautelar - espero bem que o tenha feito:  http://youtu.be/Ebbk_moERYE
 
 
Quanto ao facto de se comprometer no sentido da patrulha passar pelo menos uma vez da parte da manhã e outra de tarde, desse modo: será impossível alguém roubar a cortiça, tendo em conta que não se trata do roubo de um banco que poderá durar escassos minutos como o é sabido. 
 
Ainda assim, dou a saber de que me encontro disponívelpara colaborar no sentido de encontrar os suspeitos no que toca ao roubo dos pinheiros e quanto aos visados sobre quem recai a providência cautelar, que se afigura em ser os mesmos indivíduos.
 
Quando posso ir ai ao posto da Guarda, para iremos ao encontro desses, que bem conhecem e protegem, porquê, quais os motivos ou razões??
 
Conforme informei ainda se encontra alguma madeira no terreno, que decerto alguém a deve ir buscar, pelo que cabe às autoridades em vir a tomar medidas sérias, honrosas, ao invés dos procedimentos que têm vindo a manter ao longo dos anos, favorecendo os visados em detrimento dos meus legitimo interesses: http://portugal100lei.blogs.sapo.pt/429.html
 
Será que mesmo após a deslocação aos serviços do MP. ainda não conseguiu encontrar os indivíduos-afim de proceder a identificação dos mesmos?
 
Não sabem quem eles são, nunca fiscalizaram os responsáveis pela exploração de areia, nem os camiões da Câmara, como foi tudo isso possível aos olhos das autoridades? 
 
 
Pede Deferimento,
 
 
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva



----- Fim de mensagem reenviada -----

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Favoritos